3 sinais para desistir do seu chefe

3 sinais para desistir do seu chefe

Afinal, qual é o momento certo de desistir do seu chefe?

Algumas pessoas proporcionam felicidade aonde vão; outras proporcionam felicidade quando se vão. Essa frase do Oscar Wilde delimita bem o nosso bate-papo de hoje. Afinal, as pessoas abandonam a empresa ou o chefe? Algumas fontes estimam que 65% das pessoas saem das empresas por causa dos seus gestores. Podemos dizer que as pessoas desistem de seu emprego ou de sua empresa, mas a realidade é que elas costumam desistir de seus líderes. Em alguns casos, problemas com o colega de trabalho induzem o colaborador a deixar a organização, mas, em geral, quem cria indisposição com os colaboradores são os líderes diretos.

Mas afinal, qual é o momento certo de desistir do seu chefe?

Alguns sinais podem evidenciar que é o momento de você pensar numa transição:

#1 Desista de quem não é confiável: Você trabalha com alguém que não inspira confiança? Pois é, é uma experiência terrível. Ninguém gosta de trabalhar com pessoas das quais não consegue estabelecer uma relação de confiança. Atitudes como agir de maneira incoerente com o que se diz e faz, sonegar informações e colocar vantagens pessoais acima das do grupo são comuns em líderes sem credibilidade.

#2 Desista de quem é incompetente: Quando o líder é incompetente ele se torna um fator de distração para a equipe. Desperdiça a energia das pessoas. Impede que elas priorizem o que deve ser priorizado. Desvia o foco da visão e dos valores para concentrá-lo sobre o próprio comportamento. Se as pessoas que trabalham para um líder incompetente possuem alto grau de habilidade, viverão preocupadas com as confusões que ele pode arranjar. A produtividade cai, o moral do grupo é afetado e torna-se impossível as atitudes positivas.

#3 Desista de quem é inseguro: Os líderes inseguros não desejam que as pessoas sejam bem-sucedidas sem a ajuda deles. Toda vez que alguém de sua equipe alcança um nível mais elevado, eles consideram isso uma traição. Seu desejo de poder, de posição e de reconhecimento se manisfesta numa demonstração óbvia de medo, desconfiança ou ciúme.

A boa notícia é que você é o protagonista da sua carreira e não precisa se tornar refém dessas situações. Faça um plano de transição para mudar essa situação, as vezes nem é necessário sair da empresa em que você trabalha, basta identificar oportunidades em outros departamentos. Um processo de coaching pode ajudar a encontrar o Estado Desejado.

Lembre-se: você merece ser muito feliz!
Cuide da sua carreira!

Ah e se você gostou compartilha com a sua rede.


Fonte: Artigos Administradores / 3 sinais para desistir do seu chefe

Os comentários estão fechados.