4 maneiras de tirar vantagem do dólar alto

4 maneiras de tirar vantagem do dólar alto

Com a alta histórica do dólar, a melhor opção é dar uma pausa nas compras e começar a empreender em novas áreas para aproveitar o momento

O dia após o recorde histórico do dólar não vem sendo muito otimista para os brasileiros. Depois de fechar a terça-feira acima de R$4, nesta quarta (23) chegou a R$4,15. Esse é o maior valor nominal já registrado desde 1994, na vigência do Plano Real.

Claro que comprar no exterior não está nada fácil, mas não é só de consumismo que vive a humanidade. Enquanto uns lamentam o valor da moeda norte-americana nas redes sociais, outros tentam tirar proveito da situação. E para ganhar com o dólar em alta só há uma saída: trabalho online.

Confira abaixo quatro áreas para desenvolver projetos e receber em dólar:

1. Canal no YouTube

Tem muita gente que critica as vlogeiras e vlogeiros do YouTube, mas o fato é que eles ganham (e muito) com seus vídeos. Esse também é o caso dos demais canais que produzem conteúdo próprio, como o Porta dos Fundos, que tem mais de 10 milhões de inscritos. O “segredo” deles para receber em dólar pelas visualizações de seus vídeos é simples: basta se filiar ao Programa de Parceria do YouTube e ativar o canal para monetização.

Para isso, é preciso atender aos termos do contrato, ser maior de 18 anos e produzir conteúdo autoral. A rentabilidade do canal se relaciona diretamente com o número de visualizações do vídeo. Em São Paulo, o YouTube disponibiliza espaços para que os produtores de conteúdo de canais com mais de 2,5 mil inscritos possam gravar novos vídeos. E para quem está começando agora, também há cursos e workshops, além, é claro, de ser um bom lugar para fazer networking. Em 2016, o Youtube Spaces abrirá uma nova unidade no Rio de Janeiro.

2. Adsense e outros sistemas de publicidade

Além das publicidades em vídeos do YouTube, há também a possibilidade de oferecer locais para anúncios dentro de seu próprio site de uma forma simples e descomplicada. Isso é possível com o Google AdSense, a ferramenta de anúncios do Google, e também através de outros sistemas de publicidade online de sites de vendas, como a Amazon, que oferece a opção de se tornar um associado e ajudar com a divulgação de produtos através de links de redirecionamento. O dono do canal ou website que vende um espaço para divulgações de anúncios publicitários recebe determinada quantia em dólar cada vez que um usuário clica no link ou banner disponibilizado no site e é redirecionado. Há também casos em que é possível receber porcetagens em cima do valor de uma compra realizada pelo cliente que acessou a loja através do link do site.

3. Freela internacional

Os trabalhos freelancer são bem comuns na área de comunicação. Quem atua em design, jornalismo, fotografia, música, tecnologia da informação e também desenvolvendo produtos para web, como websites, muitas vezes trabalha de maneira autônoma e desenvolve vários projetos paralelos. Além de sites brasileiros, há também opções de redes internacionais destinadas a conetar freelancers e empresas. A vantagem para os brasileiros do freela internacional é que os trabalhos são sempre remunerados em dólar. Para se dar bem nesse meio, é bom preparar um bom portfólio, pois a concorrência será sempre bem maior.

4. Venda de fotos e vídeos para bancos de imagens

Aqui é um trabalho freelancer destinado a fotógrafos e designs. Bancos de imagens, como iSotck e o Getty Images, precisam de peças, fotografias e vídeos que retratem os mais variados temas, representem diferentes culturas e mostrem lugares de todo o mundo. O mercado de banco de imagens existe desde 1920, mas antes as vendas eram feitas através de catálogos e revistas. Com a internet, tudo ficou mais simples, rápido e expansivo, dando abertura não apenas para profissionais e agências especializadas, mas também fotógrafos amadores. Cada vez que um download é feito em um desses bancos, o profissional é remunerado em dólar.

 


Fonte: Notícias Administradores / 4 maneiras de tirar vantagem do dólar alto

Os comentários estão fechados.