4 passos para a correta utilização do CFTV

4 passos para a correta utilização do CFTV

Saiba como tirar o melhor proveito de um sistema de monitoramento.

A falta de segurança na cidade vem aumentando cada dia mais e com isso, muitas pessoas têm ido em busca de serviços e equipamentos de monitoramento e instalado seus próprios sistemas de CFTV. Sem a devida orientação de um profissional adequado, o resultado obtido nem sempre é o esperado.

Um circuito fechado ou circuito interno de câmeras (também conhecido pela sigla CFTV; do inglês: closed-circuit television, CCTV) é um sistema de imagens que distribui sinais provenientes de câmeras instaladas em locais específicos, para um ou mais pontos de visualização.

Por mais que pareça fácil instalar um sistema de CFTV, diversos aspectos precisam ser levados em conta, a exemplo dos pontos de vulnerabilidade do local, da tubulação e cabeamento recomendados para cada lugar, dos equipamentos mais adequados, do posicionamento correto de cada câmera, entre outras questões que impactam no resultado e certamente no custo do projeto. Confira a seguir quatro importantes passos para quem quer obter o melhor aproveitamento na utilização do CFTV.

1)           Faça um diagnóstico. O sistema de câmeras tem diversas aplicações e não é utilizado apenas para quem deseja se prevenir contra a criminalidade. Para a sua residência, permite, por exemplo, que você veja quem bate à sua porta sem precisar se expor; olhar crianças ou idosos quando não estiver no local e monitorar toda a casa interna e externamente. Já para sua indústria ou comércio, esta solução permite identificar possíveis problemas, controlar o fluxo ou comportamento de clientes e funcionários, evitar desperdícios na produção e certamente inibir ações ou indivíduos mal-intencionados.

 2)           Avalie ao menos três projetos. O mercado de segurança eletrônica é muito vasto e existem diversas marcas, modelos e tipos de equipamentos disponíveis. Depois de diagnosticar o que você precisa, é recomendado ter ao menos três projetos para que você possa avaliar o que mais se encaixa com a sua necessidade.

 3)           Contrate um especialista. É muito importante ter uma empresa de confiança para fazer o devido levantamento das informações e elaborar o projeto mais adequado para a necessidade do ambiente da instalação. Não se esqueça de solicitar um contrato com todas as informações do projeto, prazos de garantia dos equipamentos e serviço prestado. Cheque o histórico da empresa ou consultor e procure saber como este se comporta com o pós-venda para não ficar na mão quando precisar.

 4)           Abuse da Tecnologia. Além de registrar as imagens, um bom serviço de instalação e configuração de CFTV te permite monitorar os ambientes de forma remota em qualquer dispositivo móvel, no seu tablet ou celular, seja em cores ou preto e branco, à noite ou durante o dia, proporcionando uma maior sensação de segurança e comodidade.

Tomando todas essas medidas, a possibilidade de ter um serviço de qualidade é muito alta. Com um bom projeto de sistema de CFTV instalado por uma empresa séria, além de inibir problemas de segurança, o resultado certamente proporcionará economia de capital e oferecerá soluções realmente úteis para a sua necessidade.


Fonte: Artigos Administradores / 4 passos para a correta utilização do CFTV

Os comentários estão fechados.