6 dicas para se comunicar com profissionais de diferentes gerações

6 dicas para se comunicar com profissionais de diferentes gerações

Cada perfil possui seu estilo próprio, o que demanda táticas específicas, em velocidades diferentes, com conteúdo personalizado comunicado em frequências diversas e, o principal, cada perfil considera relevante um aspecto distinto do outro

Há algum tempo o ambiente corporativo defendia que o seu objetivo principal era a satisfação de seus clientes. Atualmente, o propósito fundamental das empresas ainda é a satisfação de seus clientes com alguns diferenciais como a busca de uma fidelização deles e a inclusão dos funcionários enquanto clientes internos e/ou a defesa de que colaboradores engajados e satisfeitos conquistam clientes realizados e geram valor para os negócios.

É interessante observar como no atual desenho das corporações é possível encontrar até cinco gerações convivendo no mercado de trabalho (considerando os veteranos nascidos antes de 46; os baby boomers, nascidos entre 1946 e 1960; a geração X, 1961 a 1980; a geração Y, 1981 a 1994 e a geração Z, nascidos após 1995). Dada tal constatação, é necessário que as áreas de Recursos Humanos e Comunicação se atentem para a importância de implantarem canais e elaborarem mensagens que façam sentido para todos os perfis de empregados. É preciso se comunicar das mais variadas formas para que se alcance o maior número de funcionários possível.

De acordo com pesquisa da Deloitte Consulting e a International Association of Business Communicators (IABC), cada perfil possui seu estilo próprio, o que demanda táticas específicas, em velocidades diferentes, com conteúdo personalizado comunicado em frequências diversas e, o principal, cada perfil considera relevante um aspecto distinto do outro. Por isso é importante encontrar pontos de convergência entre gerações, construir pontes que interliguem esses profissionais e respeitar as diferenças. Como?

Confira 6 ações que tornam capaz colaboradores de diferentes gerações se engajarem:

Mantenha ou crie canais de comunicação que atendam diferentes perfis 

Neste caso, quanto mais, melhor. Diversificar canais, transmitindo as mesmas mensagens é um caminho para chegar ao maior número de funcionários possível. Há aqueles que gostam da notícia no papel e fazem questão de ler a revista da empresa, outros preferem o resumo da newsletter, outros ainda curtem acompanhar as novidades pelas redes sociais e assistir à televisão corporativa entre uma reunião e outra.

Produza conteúdo relevante

O que é relevante? Hoje em dia é o que faz sentido, gera conexão, identificação e promove compartilhamento. Se a companhia elabora um conteúdo considerado importante pela diretoria e gestores, para o conhecimento dos colaboradores, mas não promove seu compartilhamento entre os funcionários, o objetivo torna-se frustrado.

Defina para cada canal, um propósito

Se de um determinado canal o que os empregados desejam são informações detalhadas, aprofundadas e completas e o que encontram é exatamente isso, tem a convergência entre o esperado e o entregue e é possível dizer que aí encontra-se o conteúdo relevante. O mesmo vale para os outros tipos de expectativas em relação a cada canal, é importante atentar-se para o que cada um desperta.

Admita que cada colaborador também é um canal

Reconhecer que cada funcionário também é uma conexão que transmite mensagens é assumir que a informação gerada por cada um possui o seu valor e por isso é tão importante munir os empregados de informações completas, com transparência, sempre que possível em primeira mão.

Dialogue, faz toda a diferença

Informar é importante, mas nada substitui a importância da conversa, da genuína atitude de ouvir e escutar o que cada colaborador tem a dizer. Isso não apenas entre gestores e equipe como entre áreas e, principalmente, entre os funcionários e as áreas de RH e Comunicação.

Promova a interatividade

A comunicação em mão única não faz mais sentido nos dias atuais. A maioria dos empregados buscam dar a sua contribuição, fazem comentários, gostam de participar, com isso se sentem mais parte da empresa, ampliam seu senso de pertencimento e engajamento.

Enfim, mais do que a divulgação da missão e visão, dos resultados e objetivos da companhia, a disseminação de informações que são úteis e apresentam-se na forma de prestação de serviço, atitudes que demonstram a importância em ouvir cada colaborador e a preocupação da empresa em contribuir para a melhoria da qualidade de vida e mensagens que emocionam nos mais diversos canais contribuem para o alcance do conteúdo ser considerado relevante


Fonte: Artigos Administradores / 6 dicas para se comunicar com profissionais de diferentes gerações

Os comentários estão fechados.