8 qualidades de um bom líder

8 qualidades de um bom líder

Conheça características que um profissional deve ter para ser reconhecido como um líder exemplar

Estruturar uma carreira de sucesso, seja em uma mesma companhia ou com passagens por mais de uma empresa e, alcançar um cargo de chefia, é sinal de reconhecimento pela execução de um bom trabalho, entrega de resultados, demonstra competência técnica e, muitas vezes, capacidade de gerenciar processos, projetos, tarefas e pessoas.

Nem sempre este profissional possui aptidões naturais que favoreçam a liderança e é aí que entra o papel crucial que vontade, motivação, dedicação, determinação, disciplina, auto liderança e vontade de aprender desempenham na vida de alguém que deseja ser mais do que chefe, mais do que gestor, um verdadeiro líder.

Entretanto, que qualidades uma pessoa deve ter para ser reconhecida como um bom líder?

Altruísmo

A essência da liderança não está no uso do poder e da influência para a obtenção de benefício pessoal, e sim pelo comprometimento e genuíno interesse pelo bem-estar e desenvolvimento das pessoas que estão ao seu redor, fazendo a elas aquilo que gostaria que lhe fizessem. O verdadeiro líder se questiona: “quais são os benefícios e vantagens que a minha liderança pode trazer para as pessoas? ”.

Influência positiva

Na verdade, cada atitude de um líder é uma semente, entendendo que suas ações, por mais simples que sejam, podem influenciar e impactar profundamente a vida das pessoas que estão ao seu redor, incentivar que seus atos façam a diferença na vida as pessoas, das organizações e do mundo, é estimular que sementes de atitudes positivas sejam espalhadas. No entanto, se as intenções não forem legítimas e a atuação verdadeira, as pessoas não o seguirão por muito tempo. Liderança não é o que você diz, mas o que você é, por meio de seus exemplos e atitudes.

Inspiração

Compete ao líder estimular as pessoas de sua equipe a viver em equilíbrio e trabalhar com entusiasmo e engajamento em direção a objetivos autênticos e resultados legítimos. Inspirar está ligado ao fato de influenciar positivamente por meio do exemplo, motiva as pessoas a fazerem igual, anima a buscar e conquistar, além de ampliar 

a capacidade de realização. Estudos comprovam que o desempenho de uma pessoa altamente motivada é 40% maior, se comparado com pessoas desmotivadas ou que atuam ‘no piloto automático’. O líder precisa ser admirado por suas ações, o modo como lida com as situações, o clima que constrói junto a sua equipe, o bom-humor que apresenta, etc.

Disposição para dialogar

Parece simples, mas nem sempre é. Dialogar pressupõe dispor de tempo, habilidade para ouvir e falar, ser indagado por respostas que nem ele mesmo as têm, abertura, simpatia e generosidade. Em meio a metas e pressões, é preciso se mostrar preparado para conversas francas e olho no olho que esclareçam mal-entendidos, assuntos que drenam a energia de todos diariamente, movimentos organizacionais que possam vir a impactar a equipe de alguma forma, inclusive colabora para modificar a forma de se lidar com diversas questões. 

Habilidade para delegar

Mais do que distribuir os trabalhos entre os profissionais de sua equipe, o líder deve identificar talentos e aptidões de cada um para que a tarefa delegada seja bem-sucedida. Delegar também pressupõe planejamento, treinamento, coordenação dos serviços executados e monitoramento. É indispensável a um gestor delegar inclusive tarefas de alta complexidade e estimulantes, mas é preciso escolher o talento ideal para cada trabalho. Nenhuma equipe se mantém motivada executando apenas tarefas operacionais, serviços de rotina e sem desafios. Tire proveito dos pontos fortes de cada um.

Integridade

Cabe a qualquer profissional ser íntegro, porém ao líder é importante reforçar que em todas as situações a honestidade deve estar acima de tudo. É importante um líder reconhecer erros; pedir desculpas; cumprir o que promete; transformar falhas em oportunidade de aprendizagem; atribuir o mérito à equipe sem querer levar a fama sozinho; assumir responsabilidades; buscar flagrar as pessoas fazendo algo bom; dar feedbacks claros e honestos, mas sem fazer juízo de valor. Mais uma vez, lembre-se, liderança não é o que você diz, mas o que você é, por meio de seus exemplos e atitudes.

Confiança

Para influenciar positivamente, inspirar pessoas e ser respeitado, um líder precisa transmitir autoconfiança, o que requer, muitas vezes, arriscar-se, tomar decisões e mostrar certeza em suas ações. Transmitir essa confiança à equipe também é essencial para o sucesso dos negócios, o grupo enxerga na figura do líder um porto seguro, um apoio, local para buscar feedbacks sinceros e desenvolver-se. O líder não precisa ter todas as respostas, mas mostrar-se disposto a encontrar junto com os seus as melhores respostas.

Comunicação

O líder precisa ser um bom articulador para criar um ambiente mais produtivo. Expressar-se e explicar de forma didática aquilo que deseja e o porquê, permite que a equipe esteja alinhada e engajada em alcançar os objetivos, todos se sentem parte do processo e protagonistas. Demonstrar-se acessível e disponível a conversas até mesmo informais, auxiliam na melhora da comunicação interpessoal também.

Enfim, além de mostrar habilidades técnicas, resultados positivos e pleno domínio de suas funções, o líder precisa acima de tudo atualizar os seus conhecimentos referentes a gestão de negócios e gestão de pessoas constantemente. É preciso aprimorar com frequência suas habilidades administrativas e de relacionamento interpessoal.


Fonte: Artigos Administradores / 8 qualidades de um bom líder

Os comentários estão fechados.