9 ferramentas poderosas para você turbinar seu negócio com marketing de conteúdo

9 ferramentas poderosas para você turbinar seu negócio com marketing de conteúdo

Se você está querendo desenvolver estratégias de marketing de conteúdo para sua empresa precisa estar atento às ferramentas para colocar o plano em prática

Depois que as redes sociais surgiram dando aos consumidores poderes de arruinar ou elevar uma empresa com suas opiniões, a já difícil tarefa de promover uma marca se tornou uma verdadeira guerra onde a fidelidade do cliente é o prêmio final. No lugar de pessoas que comprem uma vez, as marcas buscam fãs – pessoas que gostem tanto de seus produtos que compartilhem suas experiências e interajam com a empresa nas redes sociais. O marketing de conteúdo entra, nesse contexto, como forma de gerar engajamento e relevância para a empresa nos meios digitais.

Uma recente pesquisa realizada em todo o Brasil pela Rock Content, empresa especializada em marketing de conteúdo, apontou que 69% dos entrevistados já utilizam marketing de conteúdo para gerar reconhecimento de marca e fidelizar clientes. Apesar de mais da metade das empresas brasileiras já estarem atentas à modalidade, o número ainda fica muito atrás das empresas nos Estados Unidos, onde 93% delas utilizam o marketing de conteúdo.

Se você está querendo desenvolver estratégias de marketing de conteúdo para sua empresa, entretanto, precisa estar atento às ferramentas para colocar o plano em prática, além de monitorar o alcance da ação. De acordo com a pesquisa, as redes sociais (91%), blogs corporativos (61%) e as newsletters (52%) ainda são as ferramentes mais procuradas pelas empresas que, dentre estas, apostam com mais frequência no Facebook, Twitter e Linkedin para se fazerem vistas na rede.

A sua empresa já possui uma estratégia de marketing de conteúdo? Ou você ainda está perdido entre as milhões de ferramentas que são lançadas diariamente? Será que você sabe como utilizar o marketing de conteúdo da melhor forma? Separamos 10 ferramentas para impulsionar o seu negócio com o marketing de conteúdo. Confira:

1. Blog corporativo

A criação de um blog para sua marca ajuda na parte de criação de conteúdo mais extenso e educacional do que em peças publicitárias. Descubra os interesses do seu público-alvo, mostre como funciona o seu produto ou serviço: quanto mais informação “espontânea” houver na rede, maior será o interesse do cliente no que você vende. Diversas plataformas, como os famosos WordPress e Blogger, oferecem serviço gratuito para hospedadem de blogs, sendo assim uma opção vantajosa para negócios ainda na fase inicial. Entretanto, essa vantagem traz também a limitação de armazenamento fazendo com que grandes negócios precisem hospedar suas páginas corporativas em servidores com maior capacidade.

2. Hospedagem de sites

Chega um momento do seu negócio que não dá mais para produzir conteúdo e deixar apenas no blog corporativo. O crescimento da marca não é comportado mais nos servidores gratuitos e é hora de investir mais em uma página personalizada hospedada em um servidor pago. A quantidade de empresas que fornecem esse tipo de serviço é grande (Amazon, K2host, Hostdime, Locaweb, UOL HOST, etc.), então você deverá comparar preços e vantagens e escolher aquilo que mais se encaixa no perfil da página que você deseja criar para sua marca.

3. Rock Content

Muitas vezes é melhor deixar a produção de conteúdo para as páginas de sua marca com quem entende. Algumas empresas têm uma equipe própria para lidar com o conteúdo que vai ser divulgado, mas outras preferem contratar agências especializadas como a Rock Content para isso. Através da agência você pode ter a consultoria de profissionais que já atuam na área para produzir conteúdo de qualidade e direcionado aos seus clientes. Ao deixar a responsabilidade do conteúdo com uma agência, você pode “despreocupar” em relação a atualização das páginas – blogs e redes sociais -, mas deve manter um bom relacionamento com a equipe para que o conteúdo saia sempre da maneira que você planejou.

4. Esc.bz

Diferentemente das agências, o Esc.bz chega ao mercado com a proposta de conectar diretamente os produtores de conteúdo com as marcas que precisam de um determinado serviço. Nas palavras do criador, é um site feito “para dar matchs entre redatores, designers, veículos online e empresas e marcas”. De modo resumido, a plataforma indica jobs para profissionais e profissionais para marcas de acordo com os perfis procurados por cada lado. Depois do match, as empresas podem escolher com base nos orçamentos solicitados aos profissionais e toda a negociação acontece com segurança dentro da ferramenta.

5. E-mail marketing

E-mail Marketing é uma mídia utilizada na internet para veiculação de mensagens, normalmente usada para fins publicitários e/ou para o relacionamento com os clientes. O que difere o e-mail marketing dos SPAMs é que o email marketing é relevante para quem o recebe – o cliente escolhe receber aquelas informações, enquanto os SPAMs são evitados por todos. Possuindo uma das mais altas taxas de retorno sobre o investimento quando utilizado corretamente, o e-mail marketing é uma ferramenta com preço acessível e atende a todos os tamanhos de empresas. Diversas empresas oferecem o serviço de e-mail marketing, entre elas, a MailChimp, uma ferramenta em inglês e gratuita, com possibilidade de 2 mil e-mails a serem cadastrados e 12 mil e-mails enviados por mês. Após essa quantidade, o usuário pode pagar por planos mensais ou comprando créditos para pagar por e-mail enviado.

6. TinyLetter

A ferramenta TinyLetter permite que qualquer pessoa faça curadoria de conteúdo e envie newsletters para os assinantes. Ao se cadastrar, você tem direito a personalizar uma página que você poderá copiar o link e anexar ao seu site/blog e pedir para que seus clientes assinem a newsletter através dele. A partir da newsletter é possível enviar diretamente os conteúdos úteis produzidos pela sua marca para o e-mail do cliente, o que vai aumentar a possibilidade dele de ver aquilo que você anda postando nas redes.

7. Analytics

Não adianta produzir um conteúdo de qualidade se você não conhece o alcance dele dentro da comunidade. O uso de ferramentas para analisar os números de acessos que sua página recebe é importante, portanto seja ela o tradicional Google Analytics ou outras menos conhecidas do grande público como o MOZ ou Scup, o importante é ficar sempre de olho no engajamento da sua marca.

8. Landing pages

As landing pages são páginas destinadas ao anúncio de um produto ou serviço e também por onde o visitante entra no seu site. A landing page precisa ser eficiente e direta para otimizar a conversão dos acessos em vendas. Para criar uma landing page você pode utilizar ferramentas como o Unbounce, Wishpond ou até mesmo plugins naturais do WordPress.

AJUDA, SIMÃO, NÃO SEI O QUE FALAR AQUI kkkkkk

9. Redes Sociais

É claro que não adianta produzir conteúdo para uma única plataforma. A sua marca precisa de diversificação de ambiente, mas é preciso conhecer bem o seu negócio e público para adequar o conteúdo à cada uma das plataformas. Utilizar Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest, Tumblr e/ou Linkedin só funciona quando geridas de forma específica para para o público. Se o seu público não utiliza o Twitter, não espere grande sucesso por lá. Portanto, conheça o comportamento do público e se adeque às demandas.

 


Fonte: 9 ferramentas poderosas para você turbinar seu negócio com marketing de conteúdo 9 ferramentas poderosas para você turbinar seu negócio com marketing de conteúdo

Os comentários estão fechados.