A dança e o mercado de trabalho

A dança e o mercado de trabalho

Entenda como se destacar no mercado de trabalho com essa analogia fantástica com um baile.

Algo que você certamente já sabe, é que o mercado de trabalho passa por constantes mudanças, especialmente nesse período de turbolências. O que gera tensão e mudanças no comportamento e na forma de pensar dos profissionais que estão e que vão ingressar no mercado de trabalho, ou de quem pretende subir um degrau na carreira. Tudo isso, tem encadeado uma série de alterações no processo produtivo das organizações, inclusive na forma e os critérios para selecionar eou promover profissionais.

Por esses motivos que considero a vida, a busca pelo sucesso, muito mais uma dança que tão simplesmente uma caminhada.

Quando vamos a um baile, e toca uma música no ritmo dance ou rock por exemplo, é normal o salão encher de gente para dançar. São ritmos que não exigem muito do dançarino, no entanto, na medida em que se troca a música e o ritmo, colocando um forró, um bolero, um tango, ou seja, na medida que o ritmo vai ficando mais complexo, é normal também diminuir a quantidade de pessoas a dançar no salão. Só fica quem está preparado para dançar a música que está tocando!

Provavelmente, se tocar uma música ou um ritmo novo, sobrarão imensos espaços vazios no salão.

O tipo de ritmo, assim como o mercado de trabalho, funciona como um funil, um processo de eliminatória simples: quem sabe dançar a música que o mercado toca permanece no salão da vida profissional, e quem não sabe… está fora, ou melhor, dança! E com isso, aqueles que permanecem na dança, a princípio ficam inseguros quanto às suas atitudes, mas inegavelmente, logo passam a ser as estrelas do salão, os melhores profissionais no que fazem, os melhores no mercado de trabalho.

Então, nas suas preparações para vencer na vida, lembre-se sempre de acompanhar as mudanças. Aprenda a dançar a música que o mercado está tocando.

Já passou o tempo em que a música que tocava era ter um curso superior, ao mesmo tempo em que muitos ainda dançam a música do segundo grau – atual ensino médio.         Já passou também a música do conhecimento básico em informática ou inglês.

Se é assim, qual será a música que o mercado está tocando agora? 

O que toca agora, só dança o profissional bem qualificado, dinâmico, comunicativo, proativo, voltado para resultados, que tenha vasto conhecimento na área tecnológica e que transforma o que sabe em resolução de problemas e principalmente, dança o profissional que tem espírito criativo, inovador e resiliente. No operacional, é hora do profissional ético, que sabe trabalhar em equipe, que tem iniciativa, que não hesita em aprender. Na área estratégica, dança o profissional que tem tudo isso e ainda tem visão estratégica, que sabe como liderar, desenvolver e engajar pessoas.

E você? Que tipo de música está preparado para dançar? Já parou para observar que tipo de profissional o mercado está precisando? Será que, o que você sabe dançar é somente o “dance”, o “rock”, ritmos que todos também dançam? Reflita um pouco sobre isso e prepare-se para dançar a música que o mercado está tocando.

Imagine você num baile muito chique, em que toda a sociedade está presente: sua família, seus amigos, as pessoas que você admira; e como você é um dos melhores dançarinos da festa, muitos querem tirar você para dançar! Isso pode acontecer também no mercado de trabalho, você como um dos melhores profissionais do mercado e todos querendo você como parte da equipe. Não tem nada melhor e mais gostoso que ser desejado, visado pelo mercado – então mova-se! E aprenda a dançar a música que o mercado está tocando! Procure ser o melhor dançarino – quero dizer, o melhor profissional que você puder! E sucesso nos palcos da vida!


Fonte: Artigos Administradores / A dança e o mercado de trabalho

Os comentários estão fechados.