A dificuldade da gestão de pessoas por parte do servidor público investido de um cargo de gestão

A dificuldade da gestão de pessoas por parte do servidor público investido de um cargo de gestão

Breve aspecto do enfrentamento de um servidor publico atribuído de um cargo de gestão

Dentro deste breve texto mas que demonstra todo o aspecto de análise por parte deste autor para com a dificuldade enfrentada pelos servidores públicos quando investidos de cargos de gestão e a dificuldade de aceitação de seus colegas para com este tipo de responsabilidade.

Tais dificuldades se salientam desde uma falta de reconhecimento sobre a competência de gerir por parte dos seus colegas e até mesmo da simples limitação imposta pelo próprio poder público que pode ser gerada desde a sua carência de meios, como por um dito congelamento por parte de uma administração maior que prefere digamos “manter as coisas como estão ´´.

O enfrentamento exercido pelo atual gestor público ao ser atribuído a ele um cargo de gestão só se salienta se este cargo se apresenta de forma temporária o que acontece muito em nossos meios, já que o cargo de gestão temporário é uma realidade e abrange quase que a totalidade das autarquias pelo menos no nível estadual.

Uma das maiores dificuldades é simplesmente o fato de não poder exercer de forma plena a sua gestão, para com os seus colegas devido ao não o único mas um dos maiores medos o de represália por parte de algum colaborador que possa futuramente ter para si atribuição de gestor, tal relato se da em grande parte dos gestores públicos que são atribuídos com cargos de forma temporária, já que este medo por assim dizer não é ilusório, pois enfrentamos dentro de um aspecto mais amplo os instintos mais primitivos do ser humano ao realizar a árdua tarefa de ser um gestor, pois ao ser imbuído de alguma tarefa ou responsabilidade por parte deste gestor o colaborador pode simplesmente negar ou realizar contra a sua vontade e deixar explicito de forma quase que satírica que haverá um retorno negativo para este gestor quando este não mais estiver atribuído de seu cargo.

Mas como lidar com isso já que na maioria das vezes este assédio e este medo enfrentado pelos servidores públicos quando atribuídos de cargos de gestão é algo que as próprias organizações públicas ignoram ou simplesmente não tem como punir o servidor que quebra a cadeia de comando, dentro deste aspecto o gestor público deve pesar e medir o que melhor se encaixa em seu cotidiano e salientar que ele está investido de tal atribuição e que neste momento embora colegas ele é o gestor e os seus colegas se tornam seus colaboradores, este tipo de contato embora óbvio é um grande problema já que os servidores públicos tem como tendência e não somente por culpa deles, mas do próprio sistema ter uma dificuldade muito grande para lidar com o ambiente de trabalho, já que dentre vários aspectos estão a falta de aptidão para a função, pois em muitas vezes se realiza algum tipo de concurso pelo simples fato de sua estabilidade e por questões salariais o que pode influenciar para o início de um ciclo de inconformidade e não aceitação das regras e dos métodos utilizados pelas instituições públicas para a sua administração e isso somente pode gerar conflito e uma má prestação de serviço desta instituição já que um colaborador insatisfeito assim como em instituições privadas somente é prejudicial para todos, tanto para os seus colegas como para o cidadão comum que utiliza deste serviço.

Neste aspecto e enfrentando inúmeros problemas que nosso sistema público fornece, a lida por parte do gestor público ao enfrentar estes problemas deve ser condicionada pelo bom senso e pela educação, assim como por uma coerência nas atribuições que este deve passar aos seus colegas colaboradores, dito isto fica evidente que o servidor público quando atribuído de um cargo de gestão deve compreender que ele é o que dita o norte da repartição, que ele está por mais que seja de forma temporária atribuído de elevar a qualidade dos serviços prestados pela repartição pública e que tratando com respeito e profissionalismo seus colegas colaboradores os seus projetos e suas contribuições serão bem vindas por todos.


Fonte: Artigos Administradores / A dificuldade da gestão de pessoas por parte do servidor público investido de um cargo de gestão

Os comentários estão fechados.