A importância da Gestão Financeira

A importância da Gestão Financeira

Qual o ponto de equilíbrio do seu negócio? Esta informação pode engrenar o crescimento da empresa

Muitas empresas e organizações passam grandes problemas no âmbito financeiro por longos períodos, onde percebem que a operação está funcionando e a receita da empresa está ocorrendo de forma aparentemente normal, contudo, o grande objetivo da empresa acaba não se concretizando: O lucro. É importante notar que o maior objetivo de uma organização deve ser a sua lucratividade (óbvio que para que isso ocorra é necessário a receita, mas ela não é o “autor principal” desse movimento).

A gestão financeira deve ser entendida como um conjunto de ações para potencializar o resultado econômico de um negócio e um entendimento que muitas vezes fica em segundo plano é o do ponto de equilíbrio. O ponto de equilíbrio é o valor que a operação da empresa deve gerar afim de pelo menos cobrir os custos da operação do seu negócio.

Para chegar a este valor, são necessários estudos minuciosos que venham a identificar os principais custos da empresa, bem como entender a composição de receita da mesma e assim poder entender o ponto “x” onde a partir daquele ponto o negócio da empresa passa a se tornar lucrativo. É importante ressaltar que dentro de uma empresa podemos ter pontos de equilíbrios diferentes, o que será explicado mais adiante neste artigo.

É importante entender que o ponto de equilíbrio deve ser visto como um indicador de segurança, ou seja, estar abaixo deste indicador representa um grande risco para negócio, seja ele presente em qualquer tipo de ramo de atuação. Em um conceito mais superficial, o ponto de equilíbrio pode ser entendido como o resultado a alcançar que elimina a empresa de qualquer possível prejuízo.

Ao analisar o indicador de ponto de equilíbrio em percentual, é interessante entender que quanto menor este índice melhor é para a empresa, pois significa que o negócio possui baixo risco sob a avaliação desenvolvida. A fórmula matemática para o cálculo do ponto de equilíbrio é: 

Ponto de Equilíbrio = (Custo Fixo / (Receita – Custo Variável)) x 100

Margem de Contribuição = Receita – Custo Variável

Exemplo: Uma empresa de distribuição de produtos de perfumaria atende uma rota específica para o estado do Amazonas e deseja saber se tal rota é lucrativa ou não. Como chegar a este ponto de equilíbrio?

1)    Deve-se considerar todos os custos para a entrega:

  1. Gasolina
  2. Depreciação do caminhão
  3. Profissionais envolvidos
  4. Custos com manutenção do caminhão
  5. Custos com separação
  6. Demais custos indiretos no processo

2)    Verificar todas as receitas geradas dentro desta rota em específico

3)    Levantar todos os custos gerais da empresa e fazer o rateio proporcional a esta unidade de negócio (custos com energia e material de escritório, por exemplo)

Custo Fixo:       R$1.280.000,00

Custo Variável: R$   750.000,00

Receitas:           R$3.200.000,00 

PE = (1.280.000,00 / (3.200.000,00 – 750.000,00) x 100

PE = 52%

Em linhas gerais, o cálculo do ponto de equilíbrio é vital para qualquer tipo de negócio e isso envolve qualquer amplitude de análise:

a)     Indústria

b)    Comércio

c)     Prestação de Serviço

d)    Entre outros  

O ponto de equilíbrio deve ser entendido e verificado antes mesmo de se iniciar qualquer tipo de negócio e deve aplicado, também, a negócios já existentes. O ponto de equilíbrio, mesmo sendo uma ferramenta financeira precisa ser comunicada com toda a empresa, afim de criar uma comunicação clara na empresa de onde os esforços e recursos devem ser empregados.


Fonte: Artigos Administradores / A importância da Gestão Financeira

Os comentários estão fechados.