A PME mais sustentável e a educação contínua

A PME mais sustentável e a educação contínua

A educação que você, empreendedor, pode oferecer para o seu colaborador é no dia a dia diretamente com ele. o que chamamos de conhecimento on the job

A educação é a arma mais poderosa para mudar o mundo, já dizia Nelson Mandela, imagina o que ela pode fazer para a sua pequena e média empresa. Mudanças e melhorias na produção, nos processos, na motivação dos colaboradores, enfim todas as transformações necessárias para que sua empresa tenha cada vez mais sucesso.

Mas a minha empresa é muito pequena para que eu possa treinar os meus funcionários, não tenho uma Academia Empresarial, com professores de primeira linha e cursos específicos como as grandes e mega empresas. Será que aquelas Universidades Corporativas, que trabalham desde os temas técnicos com o pessoal da produção, passando pela área administrativa com a equipe dos escritórios e ainda com o glamour de ter um coach particular para os executivos da empresa, são realmente necessárias?

Sim, as pessoas só se desenvolvem com educação e não necessariamente estando numa escola sentados aprendendo com um professor que fala sobre teorias e escreve na lousa palavras bonitas, mas às vezes, sem sentido. Ou ainda, contando casos de sucesso de empresas que nunca serão únicas e específicas como a sua.

A educação que você, empreendedor, pode oferecer para o seu colaborador é no dia a dia diretamente com ele, o que chamamos de conhecimento on the job. Você ensina o colaborador a fazer o trabalho e acompanha seu desempenho, não num modelo assistencialista, mas de uma forma que vai corrigindo os suas falhas, facilitando, assim, seu desenvolvimento. Obviamente que não é para transformar o local de trabalho em escola ou deixar alguém no cantinho do castigo. Ou ainda, ser conivente com atitudes erradas e acabar com a eficiência da sua produção.

O que estes empreendedores que preparam os seus sucessores fazem é treinar uma pessoa ou uma equipe para que possam desenvolver o seu trabalho, algumas vezes de uma forma até melhor que o “mestre” empreendedor. Em muitos casos o grande ensinamento é somente lembrar que a todo tempo você é o role model da empresa, ou seja, é a referência para todos. Que está na vitrine e é copiado ou julgado a cada passo. Com isso, os funcionários aprendem ou “desaprendem” com seus líderes empreendedores. É nisso que está a continuidade da empresa ou a sustentabilidade perante o tempo: em bons sucessores bem treinados.

Mas não é só assim que podemos oferecer conhecimento aos nossos funcionários parceiros. Existem muitos cursos gratuitos sobre diversos temas disponíveis na internet. Por exemplo, se você digita a palavra palestra no Youtube aparecerá inúmeras delas gravadas com famosos e sábios palestrantes sobre todos os temas. Se for algo mais técnico, existem vários passo a passo para se produzir, escrever, realizar processo, mexer na ferramenta, enfim, muitas opções.

No site da Fundação Getúlio Vargas, por exemplo, existem vários opções de cursos gratuitos (http://www5.fgv.br/fgvonline/Cursos/Gratuitos), inclusive, sobre sustentabilidade para empresas. Já a revista Exame selecionou 20 cursos on-line e gratuitos de universidades brasileiras http://exame.abril.com.br/carreira/noticias/20-cursos-online-e-gratuitos-de-universidades-brasileiras. Oferecer um espaço na sua empresa para que os funcionários acessem estes e outros sites seria uma solução barata e muito interessante. Obviamente que deveriam ter total assistência para não ficarem vendo outros sites não tão produtivos assim.

O Sebrae também oferece algumas opções: www.ead.sebrae.com.br e o no site do Senai SP também podem ser encontrados outros: http://portalead.sp.senai.br/noticia/3614/6843/cursos-gratuitos-a-distancia.

Além disso, existe a oportunidade na qual grandes empresas treinam seus fornecedores e capacitam os funcionários de pequenas e médias empresas. Um exemplo disso é a Nestlé, que capacita os pequenos e médios agricultores para o fornecimento de leite e alimentos. Outro exemplo é a Vale que, por meio do seu projeto Inove, capacita fornecedores locais para o desenvolvimento da região.

Ou seja, ferramentas e exemplos nós temos aos montes para quem quer capacitar sua equipe da pequena e média empresa. Agora quem decide se vale a pena ou não é você empreendedor!


Fonte: Artigos Administradores / A PME mais sustentável e a educação contínua

Os comentários estão fechados.