A sobrevivencia dos endividados

A sobrevivencia dos endividados

Como sair do vermelho e sobreviver ao mês.

Você se lembra, em 2011, que um enorme Tsunami invadiu a costa japonesa e deixou, de acordo com as autoridades, 13333 mortos e cerca de 16000 desaparecidos? Sabia que nesse mesmo dia, alguns mergulhadores que estavam em pleno mar, não sentiram nada e só perceberam que havia ocorrido uma tragédia horas depois?

Assim como o Tsunami, a crise chegou de fininho e quando percebemos ela já havia engolido todos para de baixo dela e devastado milhares de brasileiros…e assim como os mergulhadores, alguns mortais sobreviveram sem nem se quer saírem arranhados de tudo isso.

O mergulhador e o bom consumidor tem mais coisas em comum do que simplesmente sobreviverem a tragédias. No início, os dois tiveram muita força de vontade para saírem de suas zonas de conforto e se mexerem para aprenderem algo que no futuro lhes faria bem, que no caso do consumidor, seria aprender a controlar seu gastos e seus ganhos, ou seja, aprenderia a controlar o seu fluxo de caixa.

Todos nós somos tentados, dia a pós dia a consumir algo novo, a publicidade está dentro de nossas casas, no nosso trabalho, nas ruas…e é boa!! Quantas vezes já não nos rendemos a ela ao comprarmos algo que não precisamos? A última geração de televisores, Smartphones, geladeiras….quem nunca trocou um desses mesmo que não precisasse?

Somos IMEDIATISTAS, queremos tudo e queremos AGORA…só não queremos as contas pra pagar! As dívidas são feitas quando agimos assim, quando não planejamos nossos gastos, e compulsivamente compramos tudo o que tem em nossa frente, mesmo que pra isso precisemos pedir empréstimos ou financiamentos. O bom consumidor, aquele inteligente, que sobrevive a grandes catástrofes, é aquele que estuda e planeja suas finanças, pensa a longo prazo e não se deixa levar pelas tentações.

O consumidor inteligente controla suas emoções, sabe que se gastar todo o seu dinheiro para suprir um desgosto momentâneo, com o passar do tempo terá dores de cabeça maiores ainda, como por exemplo, as tão famosas DÍVIDAS! Por saber seus riscos, o bom consumidor encontra maneiras de sempre estar aprendendo novas estratégias financeiras e aplicando-as em seu cotidiano. Eles fazem com que o dinheiro trabalhe pra eles.

Se você quer aprender algumas dessas estratégias, se inscreva no nosso time aqui e receba algumas dicas exclusivamente em sua caixa de email.

Visite também nosso site para maiores informações.


Fonte: Artigos Administradores / A sobrevivencia dos endividados

Os comentários estão fechados.