Ajudar e/é Liderar

Ajudar e/é Liderar

Você já parou para pensar o quanto nós precisamos de ajuda? O quanto nós dependemos de auxílio das pessoas, amigos ou colegas? Aqui vão três pequenas dicas para liderar neste quesito.

O mundo só evolui com a ajuda do outro, com a união, e disso nós já sabemos.  Você já parou para pensar o quanto nós precisamos ser ajudados? O tempo todo nós contamos com a ajuda das pessoas ao nosso redor. A ajuda recebida é algo excepcionalmente bom, pois nos mostra o quanto é importante  para o outro aquilo que você faz ou está fazendo.

Você tem hábitos de ajudar alguém?

Vou mostrar três dicas importantes para ajudar alguém, de modo que você seja reconhecido como um verdadeiro líder:

Ouvir é ajudar.

As pessoas gostam de se expressar.  A expressão faz a pessoa se sentir confortável ao dizer o que sente, o que pensa e o que acha realmente importante. E isso é mais confortante ainda quando paramos para ouvi-las. Ouvir de verdade, questionando-a e tentando ajudá-la a refletir sobre o assunto que a preocupa. Ouvir alguem é preocupar-se com a preocupação dele, tentando facilitar o entendimento e encontrar a solução.

Ouça, reflita e ajude.

Expressar sempre uma opinião sincera também é ajudar.

A opnião, mesmo que seja em forma de crítica negativa, é importante para mostrar à pessoa que você se importa.  Mas cuidado!  Existe sempre um modo adequado de dizer e este modo deve ser bem pensado para que a mensagem não seja mal interpretada. Expresse sua opinião sempre quando ela for solicitada. No entanto, muitas pessoas querem apenas ser ouvidas e, aí, é bom evitar emitir a sua opinião.

Aconselhe mais, exija de forma moderada e reclame menos. Isso também é ajudar.

Em uma equipe, principalmente, o conselho às pessoas do grupo é fundamental. O líder é responsável por saber aconselhar o colaborador da equipe de modo individual, respeitando o seu espaço e dando incentivo e motivação à melhoria da produtividade. No ato de aconselhar, às vezes, algumas exigências podem se fazer necessárias, mas é preciso ter o bom senso para que não alterar o tom. Ao aconselhar, não reclame, seja do processo, do sistema ou da própria pessoa, pois isso atinge negativamente o ouvinte, que dará mais importância à reclamação do que ao conselho, o que não é desejável. Assim, você, como líder, estará ajudando a equipe e a empresa a gerar bons resultados.

É sempre bom que aquele que exerce o papel de liderança esteja presente nas questões pessoais e nas atividade da empresa, de forma que isso reflita na percepção dos colaboradores da equipe. Sempre atue como ajudante, pois isso fará de você um bom exemplo a ser seguido, além de ser um meio de cativar os colaboradores. Também não esqueça que sempre que necessitar de chamar a atenção de algum colaborador, faça-o de forma de maneira individual e restrita para não constrangê-lo. Já quando se tratar de um elogio, é sempre positivo fazê-lo diante de todos da equipe, pois isso motiva ainda mais o colaborador, mas tome cuidado para que isso não soe como bajulação, porque poderá refletir de modo negativo para os demais da equipe.

Ajudar as pessoas é tão gratificante quanto ganhar dinheiro. Isso mesmo! Ajudar é sinônimo de gratidão e é fundamental para se tornar um bom líder. Seja líder e ajude, ajude e seja líder!

 

 

Prof. Vinícius Messias Braga, consultor empresarial, professor e coordenador do curso de Administração e Ciências Contábeis


Fonte: Artigos Administradores / Ajudar e/é Liderar

Os comentários estão fechados.