Animais como espetáculo

Animais como espetáculo

Foi apresentado o tema Cirque du soleil e a partir dai teríamos que tirar um tema polemico saudável que teve como escolhido o uso de animais em apresentações circenses.

Título: Animais como espetáculo.

Subtítulo: A questão do uso do fator animal nas apresentações circenses.

Palavras-chave: Circo, animais, apresentações circenses

 

O Circo foi fundado no Canadá em 1984 por dois artistas de rua, Guy Laliberté e Daniel Gauthier. Em 2000, Guy Laliberté comprou a parte do circo referente à Gauthier, que deixou a companhia, se tornando proprietário de 95% do patrimônio do Cirque. Cada espetáculo do Cirque du Soleil é a síntese da inovação do circo, contando com enredo, cenário e vestuário próprios, bem como música ao vivo durante as apresentações. As criações do Cirque du Soleil já ganharam diversas premiações das mais importantes da área.

 

O Cirque du Soleil não usa animais em suas apresentações porque segundo a diretora criativa, Lyn Heward, “Ao contrário do ser humano, um animal não toma a decisão de ser artista de circo porque não tem essa capacidade de escolha”.

 

No Brasil uma lei de 2006 proíbe qualquer apresentação de espetáculo circense ou similar que tenha como atrativo a exibição de animais de qualquer espécie. Mesmo assim vários circos, a maioria clandestina (sem alvará de órgãos competentes para funcionamento) utiliza de recurso animal como parte de suas apresentações. Muitos deles dizem que utilizam por questões de tradição, já que a idéia de animais nos picadeiros remonta a 1770, que “o animal faz parte do circo” e que as pessoas gostam de vê-los.

 

A idéia dessa lei proibitória é finalizar com os maus tratos que muitos animais sofriam durante as apresentações, sendo forçados, e nos bastidores.

 

Concluímos que essa lei obrigará os artistas circenses a desenvolver a sua criatividade e se os donos de circos utilizassem os animais de maneira sadia, não os maltratando e sempre com o acompanhamento de veterinários e biólogos poderia até ser revista a lei proibitiva


Fonte: Artigos Administradores / Animais como espetáculo

Os comentários estão fechados.