ANP fez mais de 7,4 mil ações de fiscalização no primeiro semestre

ANP fez mais de 7,4 mil ações de fiscalização no primeiro semestre

Nos postos de combustíveis ocorreram 5.262 ações fiscalizatória, que resultaram em 1.047 infrações

O trabalho da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), no primeiro semestre deste ano, resultou em 7.495 ações de fiscalização e 1.804 autos de infração. No período, foram feitas ainda 389 interdições e 113 apreensões de produtos.

Nos postos de combustíveis ocorreram 5.262 ações fiscalizatória, que resultaram em 1.047 infrações. Dessas, 93 infrações, totalizando 6,6%, foram em função da fraude conhecida como “bomba baixa”, quando há adulteração na bomba de combustível, que coloca menos produto no veículo do que informa o equipamento, lesando o consumidor. A Bahia registrou 22% dos casos de bomba baixa, seguida por São Paulo, com 21%, Rio de Janeiro, 12%, e Minas Gerais, 11%.

Vender ou armazenar produtos diferentes das especificações originais gerou 220 infrações. A gasolina registrou o maior número de não conformidades, totalizando 78 casos. A maior irregularidade foi o percentual de etanol fora do índice permitido.

Também houve fiscalização em revendedores de botijões de gás, totalizando 1.292 operações, que resultaram em 415 infrações. Por região, a ANP fez 3.470 ações de fiscalização no Sudeste, 1.704 no Nordeste, 1.132 no Centro-Oeste, 766 no Sul e 423 no Norte do país. Os dados foram divulgados nessa terça-feira (18) e podem ser acessados na íntegra na página da agência na internet.


Fonte: Notícias Administradores / ANP fez mais de 7,4 mil ações de fiscalização no primeiro semestre

Os comentários estão fechados.