Aos 63 anos, pedreiro se forma em Direito e sonha ser delegado

Aos 63 anos, pedreiro se forma em Direito e sonha ser delegado

Joaquim Corsino pedalava 42km entre sua casa e a faculdade no Espírito Santo para realizar o sonho dos estudos

Na noite da última quinta-feira (17), em Vitória, o mineiro Joaquim Corsino realizou seu grande sonho de concluir o curso superior. Aos 63 anos de idade, Corsino recebeu seu diploma de graduação em Direito. Entretanto O caminho percorrido por Joaquim até o dia da formatura não foi fácil. Pedreiro e morador de Cariacica, ele pedalava todos os dias até Vitória, onde ficava a faculdade.

Joaquim Corsino nasceu em Itaumirim, Minas Gerais, e foi morar no Espírito Santo aos 18 anos. Ao concluir um curso técnico em Administração, prestou vestibular para Ciências Contábeis na Universidade Federal do Espírito Santo, em 1980, mas não foi aprovado. A partir de então passou a trabalhar como ajudante de pedreiro e, mais tarde, como pedreiro. A vontade de estudar sempre esteve presente e nem mesmo os 42km entre sua casa e a faculdade não desanimaram o estudante, que juntou R$ 55 mil ao apenas parou o curso temporariamente no 4º semestre. “Um amigo pediu R$ 4.500 emprestados e não pagou. Aí eu tive que parar a faculdade para juntar mais dinheiro para poder pagar o curso todo”, lembra.

Desde 2008 na faculdade, Joaquim retornou em 2012 e não parou até conseguir o diploma. E ele não pretende parar até conquistar seus próximos objetivos, que inclui se aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). “Quero ser delegado de polícia”, disse. . “Quando eu leio a Constituição no artigo quinto, que fala que todos têm direitos iguais, vejo que tem muita coisa boa nela e eu gostaria de contribuir para isso”.

Com informações do G1.


Fonte: Notícias Administradores / Aos 63 anos, pedreiro se forma em Direito e sonha ser delegado

Os comentários estão fechados.