As mudanças organizacionais e as resistências para o seu desenvolvimento

As mudanças organizacionais e as resistências para o seu desenvolvimento

As organizações vem a cada dia sentindo uma necessidade de mudanças e de adaptações para acompanhar o crescimento da demanda do mercado, uma vez que o consumidor é cada vez mais exigente

As organizações vêm a cada dia sentindo uma necessidade de mudanças e de adaptações para acompanhar o crescimento da demanda do mercado, uma vez que o consumidor está cada vez mais exigente.

Essas mudanças na maioria das vezes geram uma certa resistência por parte dos colaboradores das organizações, levando a mesa a criar planos de ação para que essas mudanças sejam geridas da melhor maneira possível.

Para Toffler (“Choque do futuro”,1970) o comportamento organizacional vem sofrendo mudanças e as organizações devem se planejar para enfrentar e absorver essas mudanças de forma menos agressiva em seus costumes. Em “O gerente eficaz”, Drucker (1991) recomenda aos gestores que tenham uma atenção especial voltada para essas mudanças e para as relações que elas provocam.

É importante que as organizações se adequem às novas realidades devido à velocidade com as inovações tecnológicas vem avançando. As regras de mercado vem sendo alteradas e com isso gerando um comportamento organizacional inovador para encarar a concorrência globalizada. Pode-se dizer que as organizações passam por constantes e incessantes transformações diante das mais diversas situações.

As causas de resistência à mudança não são divergentes, mas complementares, incluindo a personalidade do individuo a natureza da mudança, o próprio grupo e o ambiente da organização.

Muitas vezes as mudanças geram resistência por parte do indivíduo, levando-o a um comportamento regressivo. Em todos os casos as consequências são as mais diversas, podendo chegar ao nível psicossomático.

É importante que se quebre essa resistência. É hora de mudar a visão e a encará-la como um auxílio para os novos desafios.


Fonte: Artigos Administradores / As mudanças organizacionais e as resistências para o seu desenvolvimento

Os comentários estão fechados.