Assédio Moral no Ambiente de Trabalho

Assédio Moral no Ambiente de Trabalho

O ambiente corporativo é onde se encontram diversas culturas pessoais, crenças, valores, problemas do dia-a-dia do trabalhador na empresa e em sua vida pessoal. Manter o clima organizacional em níveis satisfatórios é imprescindível para que o trabalhador possa desempenhar plenamente suas atribuições no trabalho e ter um bom nível de qualidade de vida. um ponto que interfere forma incisiva o clima organizacional e a vida do trabalhador é o assédio moral.

     O ambiente corporativo é onde se encontram diversas culturas pessoais, crenças, valores, problemas do dia-a-dia do trabalhador na empresa e em sua vida pessoal. Manter o clima organizacional em níveis satisfatórios é imprescindível para que o trabalhador possa desempenhar plenamente suas atribuições no trabalho e ter um bom nível de qualidade de vida. Embora o assédio moral no trabalho seja tão antigo quanto o próprio trabalho, é recente seu relacionamento como fator suficiente para diminuição de produtividade, faltas, atrasos, insatisfação e desgastes psicológicos.

 MAS O QUE É ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO?

     Entende-se como assédio moral no trabalho, “a exposição dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humilhantes e constragedoras repetitivas e prolongadas durante a jornada de trabalho e no exercício de suas funções, sendo mais comum em relações hierárquicas autoritárias, em que predominam condutas negativas, relações desumanas e aéticas de longa duração…”

     O assédio na maioria das vezes nasce como algo inofensivo, onde em um primeiro momento as pessoas envolvidas não querem se mostrar ofendidas e encaram o ocorrido como uma brincadeira que pode se apresentar por meio de abuso de poder, que é logo identificado e rejeitado pelos empregados na maioria das vezes ou através de manipulação peversa, que causa estragos bem maiores.

     Há quatro tipos de assédio moral: descendente, quando o empregado é assediado por seu chefe; horizontal, quando ocorre entre empregados de mesmo nível hierárquico; misto, começa pelo superior e é seguido pelos colegas de mesmo nível e o assédio ascendente, quando os subordinados se unem contra o superior.

 ASSÉDIO MORAL HORIZONTAL

     Os grupos de uma forma geral, neste caso os formados no ambiente de trabalho, tendem a nivelar os indivíduos e veem dificuldades em conviver com as diferenças (mulher em um grupo de homens, homem em grupo de mulheres, homossexualidade, diferença de raça, religião, posição social). Em algumas categorias tradicionalmente reservadas a homens, não é fácil uma mulher fazer-se respeitar quando chega, são frases grosseiras, gestos indevidos, desprezo pelo que faz, em que muitas vezes chega a parecer “trote de calouro”, e todo mundo se diverte com a situação, inclusive outras mulheres do grupo por não terem escolha.

ASSÉDIO MORAL DESCENDENTE

     Demasiadamente frequente no contexto atual, buscar fazer crer ao empregado que ele deve estar disposto e aceitar tudo se quiser se manter no emprego, no cargo, na função. Pode ser em um abuso de poder em que o superior hierárquico persegue seus subordinados se fazendo valer de sua posição.

 ASSÉDIO MORAL MISTO

     Para o assédio misto podemos utilizar como exemplo um indívíduo que é hostilizado cotidianamente e repetedidamente por alguma característica física por seu superior e por seus colegas de mesmo nível hierárquico.

 ASSÉDIO MORAL ASCENDENTE

     Mais raro, porém pode acontecer quando uma pessoa vinda de fora não tenha seus métodos e forma de trabalho aprovados pelo grupo, e que este não faça o menor esforço para adaptar-se.

 ASSÉDIO MORAL X DANO MORAL

     Para que uma determinada abordagem seja caracterizada como assédio moral, o fato deve ser realizado repetidamente, de forma prolongada, caso contrário é classificado como dano moral. Além disso, juridicamente falando, no dano moral presume-se que alguem foi afetado psicologicamente ou até fisicamente. No assédio moral, não existe a presunção, a vítima tem que provar que foi afetado.

  Recusar a comunicação direta, desacreditar, isolar, atribuir tarefas inúteis ou degradantes, fixar objetivos impossíveis de serem alcançados, induzir ao erro e abuso de poder são ferramentas utilizadas pelo assediador para com o assediado.

     A prevenção e a denúncia de assédio moral é dever de todos os empregados, bem como a manutenção de um ambiente de trabalho saudável e um clima organizacional propício ao bem-estar do trabalhador. Assédio moral além de uma infração ética é crime passível de reclusão de um a dois anos e pagamento de multas.


Fonte: Artigos Administradores / Assédio Moral no Ambiente de Trabalho

Os comentários estão fechados.