Balanço patrimonial e seus componentes

Balanço patrimonial e seus componentes

Algumas considerações acerca do Balanço Patrimonial e seus componentes

O Balanço Patrimonial é uma demonstração financeira já obrigatória de acordo com a lei 6.404/76 e mantida pela lei 11.738/07. Representa a demonstração das origens e aplicações dos recursos da entidade e visa o equilíbrio entre as contas demonstrando as entradas e o uso respectivamente. Compreende-se por: ativo, passivo e patrimônio líquido.

O ativo representa os bens e direitos que a empresa possui, ou seja, de uma forma didática, a parte positiva. Está representado do lado esquerdo do balanço e pode ser circulante ou não circulante. O ativo circulante são os bens e direitos que serão recebidos em curto prazo, ou seja, recebíveis até o fim do próximo exercício financeiro (ano seguinte). Já o ativo não circulante os bens e direitos que serão recebidos ou que a empresa dispõe para a manutenção de suas atividades em longo prazo, ou seja, perduram por mais de um exercício.

O passivo representa as obrigações assumidas pela empresa e também se divide em circulante e não circulante. O passivo fica no lado direito do balanço e representa as obrigações assumidas com terceiros.

O patrimônio líquido, assim como o passivo, representa as origens dos recursos, porém, enquanto o passivo diz respeito as obrigações com terceiros, o patrimônio líquido é composto por recursos próprios. Para tanto, é melhor que se tenha um saldo maior no patrimônio líquido já que o capital não ficará tão onerado como os recursos adquiridos por meio do passivo.


Fonte: Artigos Administradores / Balanço patrimonial e seus componentes

Os comentários estão fechados.