Big Data Analytics: a chave para impulsionar negócios

Big Data Analytics: a chave para impulsionar negócios

Por meio do controle dos dados que a empresa gera, cria-se a possibilidade de prever tendências, antecipar possíveis crises, resolvê-las e definir melhor o público-alvo

A expressão Big Data Analytics está na moda e na cabeça dos executivos. E não poderia ser diferente, já que ter o controle dos dados que a empresa gera cria a possibilidade de prever tendências, antecipar possíveis crises, resolvê-las, definir melhor o público-alvo, entre uma série de outras tomadas de decisões.

Todo material desenvolvido pela empresa se transforma em dados e podem ser revertidos em melhorias para o negócio. Tais informações podem ser combinadas entre si? Podem também. E prever acontecimentos? Totalmente possível. Outra utilidade do recurso é no processo de identificação de padrões de consumo, potencializando as vendas, aumentando a eficiência dos processos e o desempenho das operações, além de facilitar o atendimento ao consumidor e o gerenciamento de riscos. Qualquer área pode se beneficiar com o Big Data Analytics, desde saúde e educação à indústria ou até mesmo entretenimento.

Ainda existem grandes desafios relacionados à maturidade das empresas no uso de dados, pois muitas não os organizam de forma estruturada, o que dificulta a implantações de soluções para o processamento. Ocorrem também situações onde os dados são gerados e organizados, mas não são compartilhados com todas as áreas inviabilizando análises multissetoriais. Além disso, existe uma escassez de recursos de infraestrutura e falta de familiaridade das empresas com ferramentas analíticas para fazer isso internamente.

Um bom case de Big Data Analytics é do Walmart, rede norte-americana de varejo. A empresa coleta cerca de 2,5 petabytes de dados a cada hora, por meio da captura de informações das transações de seus clientes. Esse monitoramento permite controlar com precisão os níveis do estoque, prever tendências sazonais de crescimento no consumo de alguns produtos, além de melhorar os processos de trabalho da rede. E esse é só um exemplo entre as milhares de empresas renomadas que já utilizam e se beneficiam do Big Data Analytics – entre elas: Nike, MIT (Massachusetts Institute of Technology), Macy’s, entre outras.

Vale destacarmos que a riqueza de insights e soluções obtidas por meio de um bom trabalho de Big Data Analytics é surpreendente. Os empresários devem entender que a análise de dados é capaz de oferecer uma melhor compreensão do mercado a sua volta, mapear seu negócio, a concorrência, e do que é possível fazer com eles. Por fim, não importa de que tamanho você seja ou quais objetivos tenha, o seu negócio pode ser beneficiado com a aplicação desse tipo de inteligência.

* Luiz Temponi é cofundador da Hekima, ferramenta de monitoramento de redes sociais e pesquisa que acompanha em tempo real conversas em redes sociais sobre marcas, produtos e comportamento do público


Fonte: Notícias Administradores / Big Data Analytics: a chave para impulsionar negócios

Os comentários estão fechados.