Bomba mata 27 e fere 78 em Bangcoc; ataque pretende "destruir economia", diz ministro

Bomba mata 27 e fere 78 em Bangcoc; ataque pretende “destruir economia”, diz ministro

O incidente aconteceu no coração do distrito turístico

Uma bomba colocada em uma motocicleta explodiu nesta segunda-feira, perto a um templo hindu na capital tailandesa, matando 27 pessoas, incluindo turistas estrangeiros, de acordo com a mídia, em um ataque que o governo classificou como uma tentativa de destruir a economia.

Não houve reivindicação imediata de responsabilidade pela explosão fora do templo de Erawan. Forças tailandesas estão lutando contra insurgentes muçulmanos no sul do país predominantemente budista, mas os rebeldes raramente realizaram ataques fora de Malay.

“Os criminosos pretendiam destruir a economia e o turismo, porque o incidente aconteceu no coração do distrito turístico”, disse o ministro da Defesa tailandês, Prawit Wongsuwan, à Reuters.

O templo Erawan, em uma esquina movimentada perto de hotéis de luxo, shoppings, escritórios e um hospital, é um grande ponto turístico, especialmente para visitantes do leste asiático. Muitos tailandeses também vão ao local por motivos religiosos.

O governo iria montar uma força-tarefa para coordenar a resposta à explosão, disse o primeiro-ministro tailandês, Prayuth Chan-ocha, de acordo com o canal nacional de televisão.

Duas pessoas da China e uma das Filipinas estavam entre os mortos, de acordo com uma autoridade da polícia de turismo. A mídia local informou que 27 pessoas foram mortas, 10 delas homens e 17 mulheres. Segundo a polícia, 78 pessoas ficaram feridas.


Fonte: Bomba mata 27 e fere 78 em Bangcoc; ataque pretende “destruir economia”, diz ministro Bomba mata 27 e fere 78 em Bangcoc; ataque pretende “destruir economia”, diz ministro

Os comentários estão fechados.