Câmara quer punir quem falar mal de políticos na internet

Câmara quer punir quem falar mal de políticos na internet

O objetivo é que empresas de internet passem a analisar mais as ofensas contra os políticos e repreenda os usuários de forma mais ostensiva

O deputado Cláudio Cajado (Dem/BA) apresentou um projeto que pretende punir pessoas que utilizarem a internet para difamar a atuação de políticos através de redes sociais e comentários em sites e blogs. 

Segundo o Congresso em Foco, a proposta – que deve ser apresentada em setembro em caráter de urgência – pretende não só responsabilizar os usuários que fizerem os comentários, mas também empresas que continuarem a disponibilizar os mesmos na web (tal como redes sociais e portais de notícia e discussões).

Segundo Cajado, a intenção é que empresas de internet passem a analisar mais as ofensas contra os políticos e repreendam os usuários de forma mais ostensiva, a fim de evitar novamente o acontecido.

“Às vezes, a pessoa faz um ‘fake’ ofensivo à honra de qualquer pessoa e essas empresas não têm nenhum tipo de controle sobre esses atos criminosos e permitem que eles sejam divulgados. A nossa tese é que quem pratica o crime tem de responder. E quem ajuda a divulgar esse crime tem de ser corresponsável”, disse o relator do projeto.

Um projeto similar também visa diminuir atitudes deste tipo na internet, mas através de uma um pouco abordagem diferente. O projeto do deputado Silvio Costa (PSC-PE), quer que provedores passem a coletar dados pessoais de usuários de portais de notícias, fóruns e redes sociais com o intuito de identificá-lo com mais facilidade e puni-lo de forma apropriada.


Fonte: Notícias Administradores / Câmara quer punir quem falar mal de políticos na internet

Os comentários estão fechados.