Carta aos empresários que atuam no comércio exterior brasileiro

Carta aos empresários que atuam no comércio exterior brasileiro

A política, a burocracia, os impostos ou qualquer outro obstáculo pode nos desmotivar e, de certa forma, uma hora ou outra podem até conseguir, mas não conquistamos tanta coisa no comércio exterior brasileiro para nos enfraquecer em momentos ruins

Ser empresário no Brasil não é uma missão fácil. Quando se é empresário atuante na área do comércio exterior, fica evidente nossa carência de condições favoráveis que alicercem os pilares de nosso tão sonhado sucesso. É justamente por isso, que quando alcançamos sucesso profissional dentro desta área tão complexa, na maioria das vezes, temos pilares sólidos, construídos com muito suor e que formam a base para que independentemente de crise, continuemos avançando para a construção de um novo objetivo dentro de nossas empresas.

Dentro do comércio exterior brasileiro, os impostos que recolhemos se mostram evidentes e colossais em cada etapa da operação. Dentro do comércio exterior brasileiro, a burocracia do setor público se mostra ainda mais arcaica e ineficaz. Dentro do comércio exterior brasileiro, cada erro da administração pública na gestão de nosso país se reflete num prejuízo incalculável dentro de nossas empresas. As empresas que atuam no mercado internacional sabem disso e são verdadeiros exemplos de que adversidades não impedem seu crescimento e desenvolvimento. Não podemos apenas sobreviver. A política, a burocracia, os impostos ou qualquer outro obstáculo pode nos desmotivar e, de certa forma, uma hora ou outra podem até conseguir, mas não conquistamos tanta coisa no comércio exterior brasileiro para nos enfraquecer em momentos ruins.

A mente empreendedora prevalecerá naquele que está destinado ao sucesso. Em tempos de crise e dificuldades, grande ideais surgem para que grandes negócios continuem vivos. Continue sempre evoluindo na busca pelo conhecimento pleno em sua área de atuação, o profissional preparado, antecipa-se aos momentos mais árduos e torna-se notável ao fim da tempestade. Dos anos 90 até hoje houve uma evolução muito significativa no comércio exterior brasileiro, há mais pontos a serem celebrados do que ao contrário. Sabemos que não é uma tarefa fácil a opção de ser empreendedor no Brasil, e entenda, para ser empreendedor não é necessário ser empresário, você também pode ser empreendedor independente do cargo que ocupa em sua empresa. Você também é capaz de gerar novos horizontes dentro de sua organização.

Somos poucos, somos guerreiros, somos sonhadores. Que o comércio exterior auxilie sua empresa na busca incessante pelo sucesso.


Fonte: Artigos Administradores / Carta aos empresários que atuam no comércio exterior brasileiro

Os comentários estão fechados.