Casal gay tem nome de rede Wi-Fi trocado para "viadão" após visita de técnico

Casal gay tem nome de rede Wi-Fi trocado para “viadão” após visita de técnico

Os empresários acreditam terem sido vítimas de um crime de homofobia; a rede de internet em questão era a do seu estabelecimento

Um casal de empreendedores em Recife tiveram o nome da rede Wi-Fi de sua loja trocada para “viadão”. Donos de uma casa de chás no bairro de Boa Viagem, na Zona Sul da capital de Pernambuco, Rodrigo Vilar e Giorgio Nilton da Silva são casados há três anos. Segundo o G1, eles afirmam terem sido vítimas de um crime de homofobia cometido por um funcionário da GVT, fornecedora de internet do estabelecimento. Isto porque a mudança do nome da rede de internet sem fio de Provanza para “viadão” aconteceu após a visita de um técnico da empresa, durante a tarde da última sexta-feira (18).

De acordo com a matéria do G1, a Telefônica Vivo, que é dona da GVT, “repudiou a atitude” e prometeu apurar o caso. A nota divulgada disse que ““se constatada a conduta incorreta, totalmente conflitante com a orientação da companhia, tomará medidas administrativas rigorosas e reforçará ações de orientação para evitar que situações desse tipo voltem a ocorrer”. Rodrigo, um dos propritários da casa de chás Provanza, foi quem recebeu o funcionário, que visitou o local para verificar um problema com a internet e telefones. O técnico passou cerca de meia hora no estabelecimento, e a conexão da internet foi reestabelecida após o serviço.

Rodrigo descobriu o que havia acontecido com a rede WI-Fi quando clientes reclamaram que não estavam conseguindo obter conexão pelo celular, pois não encontravam a rede com o nome da loja. “Eu e os clientes vimos que havia várias outras Wi-Fis de estabelecimentos próximos, mas não a nossa. Até cheguei a comentar que havia essa rede ‘viadão’ com o sinal muito bom, mas não imaginava nunca que seria a nossa. Aí foi quando deu o estalo”, relatou ao G1. Quando tentou acessar a rede “viadão” com a antiga senha, Rodrigo conseguiu acesso e viveu um momento constrangedor na presença de clientes.

O acontecido gerou revolta no casal de empresários, que reuniu provas como as imagens das câmeras de segurança do local, e os screenshots que mostravam o nome da rede Wi-Fi, pois, como falaram ao G1, pretendem abrir processo contra a GVT.


Fonte: Notícias Administradores / Casal gay tem nome de rede Wi-Fi trocado para “viadão” após visita de técnico

Os comentários estão fechados.