COCA COLA – PRODUÇÃO DE REFRIGERANTE E ENTREGA DE FELICIDADE.

COCA COLA – PRODUÇÃO DE REFRIGERANTE E ENTREGA DE FELICIDADE.

Preço é o que o consumidor paga, valor, o que ele leva para casa. A Coca cola precisava convencer seu público de que um dos grandes valores da bebida seria a sensação única de tomar uma Coca Cola. Sim, “não importa se somos uma empresa que fabrica uma bebida gasosa produzida basicamente com açúcar e componentes químicos, na verdade nós vendemos e entregamos saciedade, satisfação e felicidade.”

Quase 1 entre 3 pessoas no mundo estão acima do peso. São assustadores 2,1 bilhões de pessoas. A pesquisa  Global Burden of Disease Study 2013 financiada pela Fundação Bill & Melinda Gates, levantou dados de 188 países, entre 1980 e 2013.

Os Estados Unidos lideram a lista, justamente o país onde é sediado a Coca Cola, oitava marca mais valiosa do mundo, que tem observado a preocupação da população com a saúde, principalmente quando esse tipo de insight tem provocado uma desaceleração no crescimento da empresa, foram apenas 4% em 2015, que fizeram a Coca Cola perder duas posições no ranking de marcas mais valiosas do mundo.

Era preciso se readaptar aos novos tempos, mudar não somente a formula da bebida, mas na maneira com que seu consumidor enxergava o produto. O reposicionamento da marca tornou-se latente a cada novo slogan lançado, como em cada estratégia desenvolvida.

Preço é o que o consumidor paga, valor, o que ele leva para casa. A Coca cola precisava convencer seu público de que um dos grandes valores da bebida seria a sensação única de tomar uma Coca Cola. Sim, “não importa se somos uma empresa que fabrica uma bebida gasosa produzida basicamente com açúcar e componentes químicos, na verdade nós vendemos e entregamos saciedade, satisfação e felicidade.”

Quando a empresa agrega esse tipo de valor ao produto, ela transfere a responsabilidade sob potenciais consequências prejudiciais a saúde para o consumidor: “nós não vendemos refrigerante, nós entregamos felicidade, e cumprimos nosso objetivo no momento do consumo da bebida”. A Coca Cola espera que cada usuário avalie a experiência de consumo até a etapa do ultimo gole; obesidade ou demais problemas de saúde devem ser vistos como consequências de estar aproveitando a vida. Ponto. Cada um com seus problemas.

Em 1999, a empresa lançou o slogan “Enjoy”, ou em bom português: “Curta”. De forma bem objetiva mesmo: esqueça o depois, aproveite o momento de uma coca cola gelada e simplesmente curta.

Em 2001, foi lançado nos USA o slogan “Life tastes good”, enquanto no Brasil o slogan lançado foi “Gostoso é viver”. Ou seja, a vida, que é única, pode ter um gosto Coca Cola, ou se você preferir, pode ser uma vida com gosto de suco de espinafre com brócolis. Qual você prefere? Você como consumidor decide que gosto escolhe viver. A marca de refrigerantes espera que você viva de forma excelente, aproveitando ao máximo cada momento, por isso, em 2005, foi lançado o slogan: “Coca Cola – viva o que é bom”, e de forma indireta e intrísica ela diz: “esqueça por ora o que não é, deixe pra lá o que te faz mal.”

Hoje em dia, a Coca Cola continua focando toda a experiência de aproveitar a marca durante o exato momento do consumo. Com o Slogan “sinta o sabor”, a empresa  confia na qualidade do sabor do seu produto, na satisfação temporária e marcante provocada pela experiência de beber uma coca cola, e espera que o cliente ao fazer um balanceamento sobre os prós e contras, leve em consideração que a vida precisa ser levada de forma saborosa, independente das consequências futuras que a felicidade do agora pode causar.

Entretanto, nem todo mundo “compra a idéia”, e como marca “onipresente”, a empresa tem lançado “soluções alternativas” para quem não foi convencido pela mensagem dos slogans.

Distribuída em mais de 25 paises, a Coca Cola “Life”, tem 50% menos açúcares e usa a folha da stevia, um adoçante natural, em substituição ao açúcar da cana. A vantagem da stevia é que ela não adiciona calorias, ao contrário de outros substitutos do açúcar. Uma lata de Coca-Cola “verde” tem aproximadamente 18g de açúcares e 70 calorias, contra 37g de açucar e 149 calorias da Coca tradicional. A diferença pàra por aí, a marca promete que os dois produtos têm o mesmo sabor, crítica constante  dos consumidores da Coca Cola Light.

A Coca Stevia foi lançada recentemente no mercado brasileiro para aproveitar o momento “olímpico” da população, porque esporte remete a saúde e gente saudável. A ideia é atingir consumidores mais exigentes que gostam de Coca-Cola, mas que querem reduzir o seu consumo diário de açúcar. 

Ano passado, a empresa produziu uma ação de marketing num metro de Bruxelas. Um homem assiste a algo em seu tablet e começa a soltar uma gargalhada que chama a atenção de todos ao redor, que acabam rindo junto – seja dele ou com ele. Logo em seguida, promotores da marca se revelam e distribuem produtos ao público. A Coca Cola, que leva a felicidade em sua identidade há anos, quis mostrar que esse sentimento começa com um simples sorriso. Se um senhor pode ser incrivelmente feliz no meio de um metro, qualquer um também pode ser facilmente feliz. É uma metáfora, para a marca, o homem sorrindo está “bebendo Coca Cola”, a empresa quer ser vista como sinônimo de felicidade. Mesmo a vida as vezes sendo dura, ainda assim tem gente feliz como o cara do metro Mesmo todos repetindo que refrigerante faz mal, porque não ser feliz? Por que não beber uma Coca Cola?


Fonte: Artigos Administradores / COCA COLA – PRODUÇÃO DE REFRIGERANTE E ENTREGA DE FELICIDADE.

Os comentários estão fechados.