Como a paralisação dos auditores fiscais pode afetar sua empresa

Como a paralisação dos auditores fiscais pode afetar sua empresa

Especialista destaca o que é importante priorizar

Os auditores fiscais da Receita Federal iniciaram uma paralisação por prazo indeterminado na última quarta-feira (19). Segundo a Unafisco (Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil), serviços como a restituição do IRPF e a fiscalização de bagagem em aeroportos continuarão e que esse ato não irá afetar a população. Mas qual o impacto para as empresas?

Questões vinculadas à alfândega e a emissão de certidões negativas de tributos federais serão atingidos, por exemplo. “O momento atual merece atenção especial quanto a focar esforços em vendas, em racionalizar operações, custos, em manter a regularidade em termos de obrigações fiscais para não ocorrer problemas. Podendo agilizar alguma questão específica, ela deve estar voltada a ações de comércio exterior, ou seja, importação ou exportação”, explica Jorge Bahia, sócio proprietário do Grupo Bahia, Kosio & Associados.

Os auditores fiscais reivindicam um reajuste salarial e a inclusão no projeto de emenda constitucional que atrela a remuneração de alguns servidores ao salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e divulgaram antes a paralisação. Segundo o especialista, apesar disso o tempo não foi suficiente para que as empresas definissem suas prioridades e as efetivassem, buscando assim o mínimo de impacto no seu dia a dia. “As empresas estão lutando arduamente para que o momento econômico atual desfavorável a elas tenha o menor impacto possível nas suas operações e planos de negócios, mas ocorrências como essas são um contra peso significativo no prato da balança, criando mais um fator problemático a administrar”, afirma Bahia.


Fonte: Notícias Administradores / Como a paralisação dos auditores fiscais pode afetar sua empresa

Os comentários estão fechados.