Como contratar melhor em tempos de crise?

Como contratar melhor em tempos de crise?

Buscar novos profissionais num momento de crise também pode ser uma maneira de acelerar a produtividade, principalmente ao escolher aqueles que gostam de apresentar resultados imediatos

Diante de tantas notícias negativas e alarmantes que abalam o mercado de trabalho, o período de crise ainda é um bom momento para se fazer contratações e de uma maneira melhor e mais eficaz. O cenário caótico em que vivemos, alimentado por um clima de instabilidade política – onde agências de risco diminuem a nota de credibilidade do Brasil para negócios e investimentos – sem dúvidas afasta as pequenas, médias e grandes empresas. Os poucos que resistem remam contra a maré, tentando sobreviver num oceano de pessimismo e trevas.

Por outro lado, momentos delicados como o atual sempre foram considerados como os mais importantes e desafiadores para os maiores empreendedores da história, tais como Henry Ford, Steve Jobs e Jorge Paulo Lemman. Para o setor de recrutamento, não é diferente. Atualmente, empresas estão enfrentando dificuldades em conseguir manter seus profissionais, especialmente quando precisam equilibrar a folha de pagamento em relação ao quadro de funcionários.

Apesar disso, este é o momento ideal para se encontrar e reter os talentos que ajudarão a sua companhia atravessar pela turbulência instaurada. Como é sabido, quantidade não significa qualidade, necessariamente. E mesmo que haja um amplo leque de mão de obra à disposição, principalmente no setor operacional, a busca por profissionais qualificados e com conhecimento e habilidades únicas ainda é bastante acirrada.

Frente à austeridade financeira, a tendência é que os contratantes busquem cada vez mais robustez e experiência por parte dos candidatos, a fim de que tais competências atendam o escopo de atuação de forma mais completa, uma vez que a palavra de ordem é enxugar excessos e reduzir gastos. Com intuito de atender tal necessidade, os recursos humanos decidem-se pelos profissionais sêniores, em detrimento da quantificação sem escrúpulos.

A inclinação ao corte de pessoal e a manutenção de uma equipe enxuta, porém muito mais distinta, é um pensamento de quem prefere acreditar no longo prazo. Afinal, as crises são marcas exclusivas do sistema capitalista e, por essa razão, cíclicas. O período nebuloso vai passar, mas somente os que não abandonaram o navio tiveram paciência durante a tormenta poderão desfrutar das águas calmas que hão de surgir.

Enquanto isso, é preciso se preparar. Acerte o time que levará a sua empresa para uma posição de destaque. Buscar novos profissionais num momento de crise também pode ser uma maneira de acelerar a produtividade, principalmente ao escolher aqueles que gostam de apresentar resultados imediatos, gerando um ambiente competitivamente saudável e injetando uma alta dose de energia em todos. Com um pouco de criatividade e maturidade, é possível melhorar os processos de contratação ao mesmo tempo em que se adota uma nova estratégia para sua empresa.

Jacob RosenbloomCEO da Emprego Ligado.


Fonte: Notícias Administradores / Como contratar melhor em tempos de crise?

Os comentários estão fechados.