Como encontrar significado no trabalho?

Como encontrar significado no trabalho?

O que os estudos mais recentes em psicologia têm a dizer sobre as nossas percepções sobre o trabalho e de quê forma é possível torná-lo mais produtivo e eficaz

O ser humano é um ser de potencialidade infinita. E eu quero deixar claro que com isso nós somos capazes de grandes feitos desde que haja entrega de corpo e alma num propósito. O psiquiatra austríaco Viktor Frankl, sobrevivente dos campos de concentração, escreveu a célebre frase que embasa o conceito do otimismo trágico e por consequência da Logoterapia: Quem tem um ‘porquê viver, consegue suportar quase todo e qualquer ‘como’”. Para Frankl há no ser humano uma forte e inevitável “vontade de sentido”: o desejo de encontrar sentido na sua vida, um propósito, uma missão.

Diferentemente de uma abelha que se utiliza apenas do seu o instinto natural para trabalhar na fabricação de uma imensa e complexa colmeia, o ser humano no auge de sua racionalidade e capacidade de conceituação abstrata, consegue visualizar mentalmente detalhes do quarto de um apartamento que ainda nem foi construído. O poder mental de criar é algo intrínseco à nossa espécie, e é através do trabalho que podemos chegar a tais realizações.

Quando eu falo em trabalho, eu não estou falando simplesmente do emprego, mas também daquela atividade produtiva que lhe põe em um novo patamar de consciência, o qual Mihaly Csikszentmihalyi conceitua como flow: um estado em que a existência é temporariamente suspensa, o senso de tempo desaparece, você se esquece de si mesmo e se sente parte de algo maior. O Flow somente existe quando os desafios – tanto os grandes como as questões que enfrentamos diariamente – são compatíveis com nossas capacidades.

Recentemente o Iinstituto Gallup realizou um estudo com mais de 2 milhões de pessoas, e chegou à conclusão de que existem talentos únicos em cada indivíduo que podem ser agrupados em 34 pontos fortes. Diferentemente do que se pensava até pouco tempo atrás de que eram nas nossas fraquezas que deveríamos empenhar maior energia e esforço para obtermos sucesso, agora já se sabe que são nos pontos fortes que se encontram o maior potencial de excelência, cabe a você descobrir seus pontos fortes e trabalhá-los.

Martin Seligman, autor da Psicologia Positiva, afirma em seus estudos que existe uma relação clara entre emoção positiva no trabalho, ótima produtividade, baixa rotatividade de funcionários e alta lealdade. Para Seligman é o exercício de uma Força(ponto forte) que libera as emoções positivas. A nível neural as emoções positivas desencadeiam processos químicos que causam sensação de saúde e bem estar através da retroalimentação hormonal.

De acordo com a teoria-cognitivo-comportamental, o pessimista considera os maus eventos penetrantes, permanentes e incontroláveis enquanto o otimista os considera localizados, temporários e mutáveis. Desta forma o otimista consegue vivenciar mais plenamente os sentimentos positivos e toda a neuroquímica atrelada a eles.

Djours, psicólogo francês criador da teoria da psicodinâmica do trabalho afirma que “a saúde mental não é, seguramente, a ausência de angústia, nem o conforto constante e uniforme. A saúde é a existência da esperança, das metas, dos objetivos que podem ser elaborados. É quando há o desejo. O que faz as pessoas viverem é o desejo e não só as satisfações”.

Desta forma, concluímos que o estado de funcionamento dinâmico e saudável do ser humano perpassa pela descoberta de um sentido, identificação e aplicação dos pontos fortes e a mudança de perspectiva para uma visão mais positiva do que está ao nosso redor. Movimente-se, crie, ouse, o sucesso culmina no encontro da preparação com a oportunidade. Vamos trabalhar!


Fonte: Artigos Administradores / Como encontrar significado no trabalho?

Os comentários estão fechados.