Como potencializar a produção de sua equipe

Como potencializar a produção de sua equipe

Dicas de como o gestor pode potencializar resultados na gestão administrativa

O Brasil é quatro vezes menos produtivo que a Alemanha, por exemplo. Não pela carga horária de atuação, mas pelo rendimento das atividades. Parte vem de diferenças culturais, mas em boa parte dos casos, vem da forma de condução das atividades administrativas.

Veja as principais causas no mundo que levam gestores públicos e privados a não tirar do planejamento aquilo que definem como prioritários para o sucesso na atividade.

Falta de compartilhamento – Não sabem compartilhar desafios com a equipe e com seus principais colaboradores

Falta de comunicação – Não adotam política construtivista de comunicação valorizando bons exemplos. Geralmente concentram-se em condenar falhas.

Falta de metas – Não compartilham metas que ficam restritamente no pensamento de um ou poucos membros da organização

Falta de monitoramento – Não acompanham frequentemente o andamento das ações. Geralmente deixam para ver tudo ao término de um ano. Ai, infelizmente, como dizem no interior, o “boi foi com corda e tudo”.

Falta de controles – Não têm qualquer indicador de andamento da atividade. Alguns tem, mas não são precisos, por falhas em controles de movimentações diárias e seus consequentes apontamentos mensais. Tem gente que se depara com números assustadores e nem sabe o que levou a estar naquele quadro. Busca soluções no escuro.

Falta de interação periódica- Não tem práticas trimestrais ou, no máximo, quadrimestrais de verificar tudo o que está acontecendo de positivo e negativo e formas de ajustar a condução da atividade.

Falta de reconhecimento – O gestor pensa que ganhar com conquistas é algo só para ele e não cria instrumentos interessantes para o grupo de colaboradores se desenvolver junto.

Falta de honestidade – Se quer que respeitem o gestor e a empresa, respeite também o colaborador, sendo, verdadeiramente honesto com ele. Está cheio de “honestos” que não são tão honestos assim nas relações de trabalho e olha que muitas organizações têm, sim, condições de levar tudo certinho o que é, primeiramente, bom para elas mesmas diante das pesadas penas que as legislações vigentes estão impondo. Atualize-se e veja quantos gestores estão recebendo punições severíssimas por negligências que não seriam necessárias.

Centralização extrema – O gestor não consegue parar de concentrar poder adotando a postura a “minha empresa” e “só eu resolvo o problema desta empresa”. O senso e a postura coletiva fazem com que as pessoas também se sintam donas da sua empresa, mesmo que não sejam de fato. Isto leva a um comprometimento maior.

Medo de não ser o melhor – Os melhores gestores gostam de estar cercados de pessoas melhores do que ele em determinadas funções. Se não romper o desafio de se cercar de pessoas melhores do que você, terás um grupo limitado ao seu desenvolvimento.

Tradicionalismo – Organizações que focam no “aqui sempre foi assim” geralmente são avessas a inovação. Odeia inovar e temem que surja com proposta de mudança. Ficam estáticas num mundo em transformação intensa. Pense: – você é o mesmo de 5 anos atrás? Como quer que sua organização seja a mesma!

Síndrome da vassalagem – Valorizar só quem fala o que o gestor que escutar e não aqueles que proporcionam soluções e transformações de fato. Geralmente a equipe está distante do interesse em buscar aprimoramento. O êxito em qualquer tipo de atividade têm relação direta com o conhecimento da equipe envolvido e o mais importante: a prática do conhecimento.

Síndrome do trabalho vazio – Aceitar pessoas descomprometidas fazem por fazer e ponto final. A qualidade….? Postegar decisões de ajusta-las ou muda-las… Pessoas desmotivadas também amplia a tendência de atestados e outros motivos oficiais de afastamento da atividade.

Mobilizar pelo exemplo – Existem muitos servidores públicos, por exemplo, loucos para trabalhar e bem. Mas são mobilizados negativamente por chefias e, principalmente, pelos cargos melhor remunerados. Se o exemplo surgir dos que ganham mais para tal, fica mais fácil mobilizar proativamente as pessoas.

Ter ferramentas certas – Contar com ferramentas de gestão que potencializem o acompanhamento de tudo que está ocorrendo torna-se preponderante.

 

 

 

 

 


Fonte: Artigos Administradores / Como potencializar a produção de sua equipe

Os comentários estão fechados.