Como ser eficiente na era do marketing 3.0 e do mobile marketing?

Como ser eficiente na era do marketing 3.0 e do mobile marketing?

As tecnologia e o consumidor móvel está mudando a cara dos negócios desde suas raízes a estrutura hierárquica, então, porque muitos gestores não aplicaram nada que pudesse encantar seus stakeholders?

Que o cenário econômico não está fácil isso todos nós sabemos. O que estamos vivendo hoje tem mostrado resiliência não para os negócios, mas em todos os âmbitos. Aquele business que não se atenta ao futuro provavelmente ou já fechou às portas ou está neste momento em maus lençóis. 

Fechar um negócio não é tarefa fácil e mantê-lo, também não! Imagine você aposentando-se tendo que pegar todos os seus investimentos para aplicar numa ideia que seria um grande risco num cenário econômico de plena atividade ou até mesmo tendo que repassar os negócios de sua família onde tudo dava certo até então. Pois bem, de repente, você observa tudo mudando rapidamente. O mundo já não é mais o mesmo daquela época de seus avós e pais e você precisa delegar seu negócio para seu herdeiro reinventar tudo ou criar um novo adaptado para seus stakeholders. Eu, particularmente, nunca assumi negócio algum, entretanto, tenho 33% do meu tempo vivido dentro de empresas de médio e grande porte e posso garantir-lhes que o Titanic só afundou porque o risco do futuro não fora calculado. 

Nos últimos dois anos, trabalhei em duas empresas totalmente distintas e visitei diversas lojas de departamento, shoppings, hipermercados, supermercados e lojas de bairro e em todos os casos deparei-me com algo interessante a aprender e vou lhes contar a mais recente: eu e minha esposa estávamos precisando de uma cortina que coubesse em nossa sala e, então, fomos a uma loja próxima a nossa casa onde vendiam de tudo para estes fins e, chegando lá, fomos lembrados pela vendedora que precisaríamos comprar mais acessórios para suportar as cortinas que iríamos levar, isso mesmo, que iríamos comprar, pois não tínhamos as medidas das paredes e, até aí, tudo bem. Foi quando vimos alguns lindos tapetes que estávamos procurando e o preço até estava interessante. Ok, decidimos levar adiante a ideia de comprar os produtos de maneira rápida e eficaz. Então, alinhamos com a vendedora que reservasse os modelos. Ela nos respondeu: Não posso fazer isso. Meu gerente não permite! Assustando-nos. Então, perguntamos se haveria a possibilidade de falar com ele e ouvimos outra resposta negativa porque o mesmo não se encontrava no local. Verificamos a possibilidade de fazer ir em casa, tirar as medidas rapidamente já que moramos bem próximo dali e responderíamos por WhatsApp, Facebook ou Twitter. E mais uma vez a resposta foi negativa, pois a loja não estava em nenhuma dessas plataformas.

Observa-se que este modelo de negócio precisa rapidamente mudar o foco, voltando-se para o cliente. Os cientes estão cada vez mais nas redes sócias, em seus smartphones e smartsTV’s e tudo pode ser consumido através dessas ferramentas. Colaboradores, fornecedores e até mesmo seus investidores possuem uma vasta opção de tecnologia e seus clientes tendem a deixá-lo caso não faça adaptações a eles. Não existe mais o meu produto e sim o meu cliente. Não podemos mais olhar a embalem e dizer: nossa que linda embalagem! Temos que olhar a clientela e dizer: O que achou? podemos ajudá-lo em algo mais?  

 


Fonte: Artigos Administradores / Como ser eficiente na era do marketing 3.0 e do mobile marketing?

Os comentários estão fechados.