Comprometido ou envolvido?

Comprometido ou envolvido?

A diferença tênue, em uma sociedade, da dedicação dos sócios, pode gerar sinergia ou conflitos

Em uma sociedade, ou trabalho em equipe sempre há aqueles que trabalham muito e outros que não se dedicam tanto. Já ouvi um ditado popular muito interessante que diz: “onde tem um atolado tem um folgado.” 

Mas nem sempre é assim, oito ou oitenta,  há uma diferença mais tênue, mais difícil de definir quando sócios não se dedicam da mesma forma. Em todo tipo de sociedade esta diferença pode gerar um certo mal estar, especialmente para os mais engajados!

Atendendo uma cliente que encontra-se em uma situação semelhante lembrei da história do porco e da galinha para elucidar esta diferença: pense na combinação de ovos com bacon, o porco está comprometido e a galinha está apenas envolvida! Ela não entra com a própria “carne”! Ambos estão dedicados mas com posturas diferentes. Não seria justo dizer que a parte “galinha” não está interessada, ou não contribui. Na vida também é assim: há pessoas que entregam muito mais pois se comprometem de corpo e alma!

Diferenças existem, mas um dos pontos cruciais, para evitar conflitos é refletir se a meta a ser conquistada (atingida) demanda envolvimento ou comprometimento! Sim. Pois imagine: só se faz bacon com comprometimento! 

Esse é um dos critérios para negociação sobre o que seria adequado, justo, necessário. Possibilita ajustar as “contas” para atingir o resultado almejado, para construir uma sociedade ganha-ganha, com equanimidade. Sem considerar que duas (ou mais) pessoas comprometidas são capazes  criar sinergia, potencializar forças e ir muito mais longe…

E você  como você se avalia: comprometido ou envolvido?


Fonte: Artigos Administradores / Comprometido ou envolvido?

Os comentários estão fechados.