Concorrente brasileiro do Netflix aposta em lançamentos e possibilidade de assistir offline

Concorrente brasileiro do Netflix aposta em lançamentos e possibilidade de assistir offline

Com modelo de negócio que mescla streaming livre e serviços on-demand, empresa pretender fazer frente aos grandes players do mercado

O Brasil acaba de ganhar mais um serviço de streaming de filmes e séries. Trata-se do Looke, que aposta em lançamentos e na possibilidade de assistir offline para conquistar espaço no terreno que hoje é dominado pela americana Netflix. A iniciativa não é a primeira brasileira, mas chega ao mercado com barulho em um momento de expansão do segmento.

A plataforma oferece filmes, desenhos, shows e séries. “O foco do novo serviço é ofertar conteúdos diferenciados não disponíveis em outras plataformas, buscando complementar os pacotes de assinatura e locação de vídeos e inovar em relação a serviços similares que já existem no mercado, melhorando o acesso aos filmes, desenhos, shows musicais e séries”, conta o diretor de Business Affairs da Looke, Luiz Guimarães.

O Looke tem um modelo de negócio ligeiramente diferente do da Netflix. Através de uma mesma interface, além do plano de assinatura, o usuário poderá realizar somente o aluguel ou a compra de conteúdos que foram lançados recentemente no cinema (em até 45 dias após o cinema). Com tarifas menores que as dos principais concorrentes, filmes e séries estreados há pouco tempo, podem ser vistos com valores que variam entre R$ 2,90 a R$9,90 para locação e R$ 12,90 a R$ 45,90 reais para compra.

Em comunicado à imprensa, o serviço afirma que já possui mais de 7.500 mil filmes, documentários, shows musicais e séries, dos mais variados gêneros.

Produtores de conteúdo

A plataforma abre ainda a possibilidade para produtores e distribuidores de disponibilizar seus conteúdos para os usuários. Alguns conteúdos ainda contam com páginas diferenciadas no conceito de  store-in-store, nos quais os produtores e distribuidores conseguem personalizar a página com  banners  e listas especiais de seus conteúdos.

“É uma plataforma democrática que tem como principal objetivo fazer o conteúdo chegar ao usuário”, conta Luiz.

Planos

O plano padrão de assinatura já vem com a possibilidade de assistir os vídeos em 3 telas que podem ser registrados e o acesso é possível em diversos tipos de plataformas como smartTVs LG, Samsung e Philips, celulares e tablets iOS e Android, computadores, Xbox 360 e Xbox ONE e a promessa de novas plataformas nos próximos meses. O Administradores.com checou a lista de aplicativos do Chromecast e o Looke já está lá também.

Existe ainda a possibilidade de baixar o conteúdo para ser assistido off-line em alguns dispositivos homologados.

Para se tornar assinante do serviço, o usuário pagará R$ 18,90 (mesmo preço da Netmovies e bem próximo do da Netflix, que é de R$ 19,90). Neste período de lançamento, o primeiro mês é grátis.


Fonte: Notícias Administradores / Concorrente brasileiro do Netflix aposta em lançamentos e possibilidade de assistir offline

Os comentários estão fechados.