Conte com as pessoas, mas não dependa delas

Conte com as pessoas, mas não dependa delas

Muitas pessoas gostam de jogar a responsabilidade nas outras, em um estado de dependência

Nessa loucura da turnê “A Revolução das Startups”, acabei me deparando com todo o tipo de evento organizado, e uma das coisas que mais me chamou atenção foi a forma como as pessoas contam e dependem das outras.

Notei ser muito comum ter uma equipe e alguns líderes apenas delegarem as tarefas no sentido: “Vai lá e faz. Quando tiver pronto, me avisa”. Só que depois de um tempo começa a frustração da não entrega, e o pânico bate quando se percebe que aquela tarefa era imprescindível.

Isso acontece muito. Passam a atividade de um jeito jogado, sem uma explicação adequada e sem justificativa. E aí você deve estar pensando: Eu devo justificar? Ora, quando as pessoas entendem o porquê de estarem fazendo algo e principalmente se acreditam naquilo, seu empenho e potencial de realização aumentam potencialmente. Então vale a pena.

A questão é que notei que muitas pessoas gostam de jogar a responsabilidade nas outras, em um estado de dependência, no qual as coisas só poderão ser alcançadas se as outras fizerem, até como uma possível justificativa posterior: “Deu errado porque fulano não fez”.

Ao pensar sobre isso, notei que no empreendedorismo tem sido muito similar. Jogar e depender totalmente de pessoas que não estão tão engajadas ainda para que algo aconteça.

Vamos lá. É obvio que você precisa de pessoas incríveis para montar algo também incrível. É fundamental ter bons parceiros e relações com quem vai lidar. No entanto, você deve pensar em contar com as pessoas, apresentar o quanto é interessante o que estão fazendo, a intenção, o ganha-ganha. Mas sempre tenha um plano B. Pois diversas vezes as coisas não vão acontecer, e você ficará na mão de alguém.

O mundo está doido, você vai encontrar seus incríveis. Mas esteja preparado para que muitas ajudas venham como potencializadoras e não como fatores cruciais. Pelo menos bem no início isso é importante.

Por fim, compartilho este vídeo abaixo com vocês:


Fonte: Artigos Administradores / Conte com as pessoas, mas não dependa delas

Os comentários estão fechados.