Criatividade: o mito e a solução

Criatividade: o mito e a solução

Quando paramos de atribuir criatividade à natureza, estamos aptos a estimular nossa criatividade

É comum nos depararmos com ideias espetaculares ou grandes soluções nos momentos mais inesperados e, de repente, temos aquela impressão de que essa ideia foi tirada da cartola, como em um truque de mágica.

Porém, isso não passa de uma impressão. Na verdade, o nosso cérebro trabalha constantemente de forma “conectiva” somando as informações que vamos absorvendo com tudo a nossa volta (internet, livros, experiências, passeios, dificuldades, relacionamentos, etc) para criar essas soluções e ideias.

Dizer que alguém é criativo porque nasceu assim e achar que nós não somos porque não temos o dom, é tirar a nossa responsabilidade na formação de novas ideias e novas soluções.

Então, pensando em despertar a fábrica da criatividade? Aqui vão algumas dicas.

1)    Se as novas ideias são combinações de informações, se informar é preciso. Aprenda sempre algo novo, leia sobre algo que não conhece, busque entender como as coisas funcionam.

2)    Permita que sua mente seja boba. Muitas vezes podamos a nossa criatividade rejeitando ideias que parecem bobas à primeira vista, mas que podem abrir o caminho para ideias muito melhores.

3)    Busque soluções. No nosso dia-a-dia nos deparamos com uma série de processos que poderiam ser diferentes e, quem sabe, mais eficientes. O fato de algo ser feito de uma maneira, não impede que seja feito de outra forma melhor.


Fonte: Artigos Administradores / Criatividade: o mito e a solução

Os comentários estão fechados.