Crise, dificuldades e Contabilidade – Quem disse que você pode "quebrar"?

Crise, dificuldades e Contabilidade – Quem disse que você pode “quebrar”?

Todos estamos vendo um quadro de crise na sociedade, na política e na economia mas isso não quer dizer que todo mundo vai “quebrar”. A crise muitas vezes enseja novas oportunidades que ficam ofuscadas pelo sentimento natural de incerteza e pelo pessimismo

DIFICULDADES FINANCEIRAS? O que fazer? Se a contabilidade dos seus ” números” pessoais ou da sua empresa encontra-se em prejuízo pela crise, não se sinta sozinho ( Esteja a vontade, e bem vindo ao “barco” Brasil) e não se lamente pois não há nenhuma novidade nisso, é uma situação “endêmica” tudo o que você não precisa agora é de pessimismo.- Atitude e informação podem ajudar muito!

Todos estamos vendo um quadro de crise na sociedade, na política e na economia  mas isso não quer dizer que todo mundo vai “quebrar”. A crise muitas vezes enseja novas oportunidades que ficam ofuscadas pelo sentimento natural de incerteza e pelo pessimismo. Quando você está com alguma enfermidade você só piora a situação se não se “esforçar” pela melhora e deixar-se largado a doença, sem um pensamento positivo. Não é isso que dizem os médicos para as piores disfunções?

São as empresas pequenas  (domésticas ou não, novas ou antigas) , em dificuldades financeiras – com  recursos limitados, e pouco dinheiro em caixa,  as que sofrem muito mais  com a procura diminuída nos mercados complicados  e por isso  as que mais precisam  ter  MUITO CUIDADO com o descontrole das contas pois  um único erro pode determinar o fim de suas atividades.

Segundo pesquisa do Sebrae Nacional, a taxa de mortalidade de empresas nos primeiros dois anos de atividade é de 26,9% no país. Em alguns Estados, a situação se agrava. Em Pernambuco, que tem o maior índice de falências, 42% das empresas fecham as portas antes de completar dois anos.

 Empreender naturalmente já é uma atividade de risco nesse sentido , em momentos mercadologicamente mais delicados como o atual,  o que precisamos além da cautela, é  de muita informação, flexibilidade ,criatividade e atitude. Se o sentimento do pessimismo, da perda e do fatalismo invadir o seu cérebro, menos recursos psicológicos você terá para vislumbrar saídas para o seu problema.

O MOMENTO REQUER ATENÇÃO AOS NÚMEROS.

Lembre-se muitos são os fatores que levam as empresas a falência mas o Descontrole do fluxo de caixa, é um dos maiores responsáveis pela “quebradeira.”

Muitos empresários se perdem quando o assunto é a administração financeira (“caixa!!!”). Pela lógica, de forma bem simplista, se o objetivo da empresa é lucrar, quando você gerencia bem as finanças, teoricamente você estará administrando “vida” da empresa.(*embora existam outros fatores igualmente vitais a manutenção dela) por isso é importante adotar um sistema de controle da entrada e saída de dinheiro. (Em empresas menores, uma simples planilha do Excell consegue resolver o problema e as maiores podem optar por aplicativos mais sofisticados)

Planejar, planejar, registrar, registrar – ter todas as contas sob a mira dos olhos,  checar os compromissos e os recebimentos , de preferência todos os dias, deve virar um hábito- exatamente como você faz (ou deveria fazer )com suas finanças pessoais – seu salário e suas contas a pagar. O ideal é que na pior hipótese a balança (débitos x créditos) esteja em equilíbrio.

INFORMAÇÃO E AJUDA NO SUCESSO DO NEGÓCIO

Três a cada dez pequenas empresas abertas não sobrevivem aos dois primeiros anos de operação. Estatísticas do Sebrae  mostram que o ambiente empreendedor brasileiro já evoluiu, mas ainda sofre com problemas básicos de gestão. A negação de que o negócio não esta indo bem é um dos primeiros problemas, segundo vários estudiosos.

 Não existe formula para uma  administração de sucesso (* e isso não se aprende na faculdade) – nem existe uma causa única para justificar o fechamento de um negócio, mas em ambos os casos existe sim um conjunto de fatores impactantes  como por exemplo a falta de pesquisa sobre concorrência, localização, fornecedores e público-alvo. (* uns dependem de você, outros não – tem gente que atribui determinadas condições ao fator “sorte”- mas isso é intangível e não relevante aqui)

Entre outros, este  é um erro bastante comum entre os empresários que não conseguem se manter no mercado. Buscar informações sobre o ramo de atividade antecipadamente agrega uma maior chance de sucesso ao projeto  e deve ser uma obrigação do empreendedor. ( antes , durante e depois da criação da empresa)

É muito mais produtivo se manter informado sobre seu negócio, sobre o mercado em geral, para poder ficar de olhos abertos para novas oportunidades e cabeça aberta para inovar e flexibilizar- do que procurar um motivo conveniente  para as coisas que não deram resultado. A administração de sucesso pressupõe “ atitude” . pois só teoria não ajuda – é necessário ação.

MUITA COISA DEPENDE DE VOCÊ GESTOR ( e o barco não pode afundar)

Tanto na gestão empresarial como na gestão pessoal, assumimos riscos o tempo inteiro, e com ou sem o “inusitado” é preciso cuidar bem da contabilidade. Readequar,corrigir e melhorar a  gestão de recursos é  a única saída que pode resultar em tranquilidade ou pelo menos em sobrevivência  quando da incidência de um ambiente econômico instável.

Ponto pacífico: o imprevisível vem de fora, da sociedade,da economia do país , dos governantes e pode atingir você que nada pode fazer para resolver. Ponto final, mas como diz o velho adágio “ só você sabe onde doi o seu calo” , então ninguém conhece melhor o seu  problema  que  para ser minimizado depende da  sua atitude ( vital!)

A empresa, assim como um “barco” , para não afundar ou desviar-se de seus objetivos , sucumbindo as tempestades, precisa de correções de curso varias vezes durante sua vida.

Em mercados complicados ou exigentes ajuda na “sobrevivência “ do negócio manter-se informado. Ficar antenado as mudanças  e novas demandas é mais que uma tática , é uma obrigação.(* agregar a isso um bom contador para orientá-lo é muito conveniente) .

 As respostas rápidas a novas oportunidades e necessidades do consumidor  devem partir do gestor –  é com você, e a partir de você que a empresa cresce ,( ou não!.) Por trás de um CNPJ sempre tem um CPF.  Use o seu “feeling”.Se você conhece bem o seu negócio na prática  precisa conhecer bem como manter suas finanças no controle.

Se for possível escolha um profissional contador pró-ativo, ORIENTADOR , que possa ajudá-lo em avaliações  – SEJA HUMILDE para reconhecer que seu negócio precisa de ajustes e não ignore os problemas. É  o maior passo inicial para evitar que a empresa não faça parte dos casos de mortalidade.

Se você  tem um perfil administrador com comportamento muito centralizador e controlador – tome cuidado para que isso não seja prejudicial para a empresa. Desenvolver um sentido de auto-critica também é produtivo. Gerir pessoas é uma atividade de uma complexidade incrível, e extrair o melhor delas é uma arte. Delegar então , ainda é mais que isso – deveria ser uma ciência.

Enfim, para não sucumbir a exigências selvagens do mercado, na luta contra fatores que não estão sob o seu controle – pesquise bastante, mantenha-se sempre informado – acredite você precisa de menos palpites e teorias mas sim de mais de dados específicos e ATITUDE.

É certo que o gestor sempre  precisará adequar  os custos fixos as novas  realidades que lhe são apresentadas -, renegociar contratos, fugir de dívidas;  controlar melhor os custos operacionais , os de carregamento de dívidas, e para isso é que precisará estar monitorando muitíssimo bem o fluxo de caixa e acompanhando o desempenho através dos resultados contábeis.

Os números não mentem , e isso tudo sempre foi e sempre será rotineiro na administração e na contabilidade,

Espero que o artigo leve você a uma reflexão, fugindo do pessimismo e do fatalismo que afeta o empresariado. Na WEB , sobretudo em instituições como o SEBRAE a gente encontra muita coisa legal.


Fonte: Artigos Administradores / Crise, dificuldades e Contabilidade – Quem disse que você pode “quebrar”?

Os comentários estão fechados.