Cultivar relacionamentos gera oportunidades para fortalecimento das redes de franquias

Cultivar relacionamentos gera oportunidades para fortalecimento das redes de franquias

É necessário cultivar os velhos contatos, mas trazer pra si novos agregados

Ter uma boa rede de relacionamento é crucial para todo empresário. Derivado de termos em inglês, o networking nada mais é do que manter contato com outros profissionais, derivando em parcerias, enriquecimento curricular, troca de experiências relevantes no mundo corporativo, agregando conhecimento e perspectivas pessoais. E para isso, se fazer presente somente nas redes sociais não é o bastante, é necessário ir além.

Marcos Mendes é diretor executivo da rede de franquias Acquazero. O empresário conta que para ser lembrado, é fundamental que o profissional participe de encontros estratégicos com profissionais de sua área de interesse. “Nós, por exemplo, sempre estamos envolvidos em eventos na ABF, participamos de feiras de franquias, simpósios, palestras e rodadas de negócios desenvolvidos pelo Sebrae. Desde negócios sustentáveis até empreendimentos no franchising”, relatou o empresário dono da franquia que é especializada em estética automotiva sustentável.

Mendes conta que já obteve bons resultados para a marca. “Costumo dizer que você não tem que saber fazer de tudo, mas precisa saber quem faça. Já conseguimos entrar em diversos pontos comerciais e indicação de novos franqueados por ter networking”, revelou.

Cultivando e agregando contatos

Marcos salienta outro ponto interessante: é necessário cultivar os velhos contatos, mas trazer pra si novos agregados. “Nos eventos que favorecem o networking é importante buscar um envolvimento com pessoas novas, ao invés de só se manter em grupos conhecidos. Demonstrar interesse e construir uma conversa é essencial e pode revelar mais sobre oportunidades de crescimento que poderão ser aproveitadas futuramente. O grande segredo de uma pessoa bem relacionada é manter a qualidade das conexões estabelecidas”, relata Marcos dando ênfase ao ditado; “Mais vale a qualidade do que a quantidade”.

Mantenha seu contato “vivo”

Mas segundo o empresário, não é só fazer amizade e ponto! É necessário gerar força e longevidade; e isso depende de alguns fatores. “É preciso manter o relacionamento, cultivar a troca de favores, as indicações e a empatia que você tem com a pessoa”, relatou. “De nada adianta conquistar o novo contato e logo o perder, é necessário mantê-lo vivo, fala Mendes.
E para isso, uma comunicação recorrente é importante. “Eu por exemplo, gosto sempre de me manter em contato com as pessoas, mesmo sem a necessidade de um pedido de ajuda. Encontros aleatórios como um happy hour é uma boa pedida, mas há outras opções como um simples e gentil lembrete de aniversário. Além de tudo é bom criar novas amizades que podemos carregar até pra vida toda”, contou.

E qual é a dica para quem quer fazer networking? Marcos revela: “Percebo que muitas pessoas costumam se relacionar com outras somente para pedir favores, por puro interesse, não existe um relacionamento de amizade e isso é muito ruim. Devemos sempre manter contato mas sem pedir nada em troca, simplesmente para saber como elas estão, como andam os negócios e para marcar encontros informais. Cultivando conexões genuínas, nossa rede de contatos pode ser ampliada inclusive de forma espontânea. Com um pouco de prática, seu capital social se torna cada vez mais valioso, expandindo sua capacidade de formar relacionamentos sólidos, pessoais e profissionais”, concluiu o empresário.


Fonte: Notícias Administradores / Cultivar relacionamentos gera oportunidades para fortalecimento das redes de franquias

Os comentários estão fechados.