Descoberta de ouro em Mato Grosso cria nova 'Serra Pelada' na região

Descoberta de ouro em Mato Grosso cria nova ‘Serra Pelada’ na região

Segundos moradores, a migração de novas pessoas para a região está aquecendo o mercado local com a lotação de hotéis e movimentação de lojas de materiais

Em 1980, muitos homens e mulheres de todo o Brasil mudaram de vida e foram até a cidade de Serra Pelada, no Pará, tentar a sorte ao caçar ouro e pedras preciosas. Tal movimento recebeu o nome de ‘corrida do ouro’ e, de fato, gerou muita riqueza para empresários e alguns poucos garimpeiros.

Agora, uma nova área parece ter sido descoberta e, claro, muitos olhos estão se virando para lá novamente. Estamos falando das Serras da Borda e de Santa Bárbara, localizadas na cidade de Pontes e Lacerda, interior do Mato Grosso.

Segundo o Estadão, a “nova Serra Pelada” — que hoje conta com 40 mil habitantes — surgiu da garimpagem pelo ouro, que por muito tempo foi a principal atividade econômica da região.

A nova corrida do ouro foi iniciada há cerca de um mês. Segundo os moradores locais, tudo começou quando um homem encontrou uma pepita de ouro de 20 kg e a história se espalhou por aplicativos de mensagens instantâneas na internet. Estima-se que 3 mil novas pessoas já estão em Pontes e Lacerda atrás da nova descoberta.

Ainda segundo a matéria do Estadão, os novos garimpeiros vieram de vários estados do país, principalmente no norte e nordeste, tal como Bahia, Pará e Rondônia.

Segundo a prefeitura da cidade, apesar da serra ser localizada em uma área de preservação ambiental, os mineradores adentram ao local através de fazendas na região, o que inutiliza o trabalho de segurança.

Há relatos, inclusive, de pessoas ganhando cerca de R$ 700 por dia apenas com restos de pepitas abandonadas por garimpeiros profissionais que fazem uso de equipamentos de alta tecnologia para a extração de pedras maiores. O dinheiro é alto, uma vez que o grama do ouro é vendido por nada menos que R$ 100.

Segundos moradores, a migração de novas pessoas para a região está aquecendo o mercado local. Os hotéis estão cheios, as lojas estão movimentadas e o dinheiro está aparecendo.

O problema, segundo o prefeito Donizete Barbosa (PSDB), é que diversos funcionários estão abandonando seus trabalhos em fazendas e no comércio local para tentar vaga na extração do ouro, o que tem gerado muita dor de cabeça para os empresários locais.

Na última terça-feira (13), o Ministério Público de Mato Grosso avaliou uma ação civil pública na Justiça Federal exigindo que o garimpo ilegal seja fechado e todas as pessoas que lá trabalham sejam removidas.

Segundo o MP-MT, a exploração é ilegal, uma vez que não há autorizações emitidas pelo Departamento Nacional de Produção Mineral.

O governo do Estado, porém, disse que está criando um plano de ação para autorizar empresas a explorar o novo garimpo. Para isso, porém, deverá ser realizada uma vistoria técnica por parte dos servidores das superintendências de Licenciamento Ambiental e de Fiscalização da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e da Secretaria de Estado de Segurança Pública.


Fonte: Notícias Administradores / Descoberta de ouro em Mato Grosso cria nova ‘Serra Pelada’ na região

Os comentários estão fechados.