Diagnóstico Organizacional – Uma necessidade real

Diagnóstico Organizacional – Uma necessidade real

O diagnóstico organizacional congrega a análise racional e lógica do status quo de uma determinada empresa em um determinado período ou momento.

Pilares: Finanças, Pessoas, Marketing e Logística.

Os pilares acima citados formam em conjunto a Ciência Social Administração.

O diagnóstico organizacional congrega a análise racional e lógica do status quo de uma determinada empresa em um determinado período ou momento. Para tanto, precisamos observar em separado, do micro ao macro, todo e qualquer fenômeno ou comportamento que afeta o impacto nos resultados e metas objetivados, sempre de maneira a corroborar a identidade da empresa – Missão, Visão e Valores – tanto quanto reafirmar e agregar valor ao seu brand.

Sintética e primeiramente são mapeados todos os “gargalos” dos processos processuais no dia a dia da organização.

Fase do Levantamento (denominaremos de evento cada ponto observado). Categorizando em ordem decrescente as prioridades. Da maior para a menor. Separa-se também por pilar, de modo a estruturar a lógica do workflow;

Por meio do conceito 5W2H (What, Why, Where, When, Who, How, How Much) – (O que será feito?, Por que será feito? Onde será feito? Quando será feito? Por quem será feito? Como será feito? Quanto custará?) teremos a situação fidedigna da saúde empresarial situacional ou em um determinado período;

Em seguida, após o mapeamento da totalidade dos processos frustrados ou falhos, imputaremos prazos e cronogramas para a realização de cada tarefa;

Na sequência, quando da execução parcial ou total, iniciaremos a avaliação do que proposto para redesenhar ou ajustar determinado processo. É a fase Feedback de Controle. Nela poderemos avaliar se obtivemos parcial ou totalmente a reengenharia do que identificado na fase do Levantamento. Se completude, encerra-se. Se parcial, faremos ajustes.

Lembrando, em tempo, que cada evento está inserido em um determinado subsistema dos pilares informados inicialmente.

Finanças: investimentos, contábil, operacional, etc;

Pessoas: folha, ponto, benefícios, trabalhista, T&D, R&S, clima organizacional, PCCS, endomarketing, crises, etc;

Marketing: Plano de Marketing, 4Ps, Brand, Psicologia do Consumidor, etc;

Logística: OSM, Procurement (Compras), etc.

Para a melhor compreensão, compartilharei pílulas semanais acerca do tema, garantindo também mais aplicabilidade e assertividade.

Abração!

 

Adm. Roberto Wendhausen Portella

CRA-SC 28.657

 

 


Fonte: Artigos Administradores / Diagnóstico Organizacional – Uma necessidade real

Os comentários estão fechados.