Dicas poderosas para matar a crise

Dicas poderosas para matar a crise

Em momentos de crise, a saída é discordar e fazer diferente, além de estar sempre antenado às pessoas bem-sucedidas

Esta semana recebi um e-mail de um amigo meu chamado Patrick Valtin com dicas de como vencer a crise e resolvi traduzi-las e publicá-las, com a aprovação dele, para que muitas mais pessoas pudessem se beneficiar.

Patrick é um famoso consultor de empresas internacional, especialista nas técnicas administrativas de L. Ron Hubbard, que já treinou mais de 75 mil pessoas em 25 países, inclusive no Brasil. Ele é um guru na administração e ainda ministra seminários realmente práticos de vendas e liderança.

Por isso, vale a pena ler e aplicar estas dicas: 

  1. Se você conhece um pouco de história, não tem razão para se preocupar. A crise econômica atual é só uma repetição do passado. Ainda mais aqui no Brasil onde já tivemos inúmeras crises. Você se lembra da enorme inflação brasileira, do cruzeiro, do cruzeiro real e das inúmeras trocas de moeda? E é claro que não dá para esquecer o plano Collor, certo? Mas em todas as crises do passado, a recuperação veio antes do esperado. Então, qual é a moral da história? Depois da crise, sempre vem a recuperação.
  1. IGNORE as más notícias. Não leia ou ouça as más notícias dos jornais, rádio, TV ou Internet. Eu lamento dizer mais escutar essas más notícias, fofocas e rumores não vai lhe fazer nenhum bem. Você vai descobrir que a imprensa se especializa em fazer as pessoas morrerem de medo e desenvolverem ansiedade, além de exercer um fator hipnótico na população. Quando você se der conta disso, vai buscar somente boas notícias, pois elas geram mais boas notícias. Insista em receber boas notícias pelo menos uma vez ao dia! E também coloque sua atenção em passar boas notícias para seus amigos, parentes, colegas e colaboradores pelo menos uma vez por dia. Certa vez, um empresário estava preocupado porque não sabia se deveria enviar uma newsletter a seus clientes a cada duas semanas. Patrick o aconselhou a dobrar a frequência e enviar sempre boas notícias aos clientes. O empresário fez exatamente isso e começou a mandar histórias de sucesso e boas notícias de clientes satisfeitos toda semana para sua lista de 20 mil nomes. Ninguém reclamou e ele começou a ter mais resultados financeiros.
  1. Fique louco em relação a suas ações promocionais. Aumente seu alcance no mercado que atua. Isso significa que deve aumentar a quantidade e a frequência de seus envios por e-mail, postagens em redes sociais, anúncios, artigos e conteúdos em Blogs etc. Se, por exemplo, está mandando 1000 e-mails, comece a enviar 3000. Gaste menos dinheiro em qualidade do que quantidade. Durante épocas difíceis, a maioria das pessoas e negócios tende a se introverter e reduzir seu alcance. Não faça isso porque é um erro fatal. Você tem de dobrar ou triplicar suas ações de promocionais.
  1. Descubra qual foi a sua melhor ação de divulgação. O que deu mais resultado de negócios e vendas? Faça de novo, não importando se aconteceu há 1 ou 5 anos. E como já foi dito, faça em maior quantidade. O seu negócio vai crescer proporcionalmente a quanto você estiver visível aos olhos de seus clientes. Divulgação é a última coisa a ser reduzida. Triplique ou aumente ainda mais aquilo que foi a melhor divulgação que você já fez até hoje.

Conclusão: faça o que a maioria das pessoas não está fazendo, vá contra o fluxo, discorde. Eu sempre gosto de ouvir recomendações de pessoas bem-sucedidas. Quando Warren Buffett foi questionado se estava preocupado com a crise, a resposta dele foi: “Eu fiquei rico porque aprendi a discordar das más notícias”.

Aplique essas dicas, observe os resultados e saia da crise como um vencedor!


Fonte: Artigos Administradores / Dicas poderosas para matar a crise

Os comentários estão fechados.