E se fosse possível aprender no amor? 10 dicas para se inspirar e prosperar

E se fosse possível aprender no amor? 10 dicas para se inspirar e prosperar

Acredito que a dor é uma excelente professora, mas refletindo sobre o outro lado da moeda…e se for possível aprender pelo amor?

Quem me acompanha sabe que falo muito a respeito de ressignificar as experiências mal sucedidas, buscar extrair os grandes aprendizados das dores e usá-las como fonte de recursos para construção de um futuro mais consciente e próspero.

Ainda continuo convicta de que a dor é uma excelente professora, sem dúvida, mas esse final de semana tive uma experiência que me levou a refletir sobre o outro lado da moeda…e se for possível aprender pelo amor?

Estive conversando com um grupo de jovens, sobre carreira e finanças, e ao dirigir para o evento, fui pensando sobre esse discurso e me deparei com a questão: Que tipo de dores e frustrações, especialmente na vida econômica podem ter marcado a vida dessa galerinha de no máximo 21 anos, a ponto de gerar uma força para transformar em motivação e propósito de vida? O pouco tempo de vida, aliado a uma cultura brasileira de morar com os pais até próximo dos 30 anos (na maioria dos lares, segundo pesquisas), me fez considerar que seria necessário readequar meu olhar, para realmente inspirar esse pessoal de verdade!

Então, compartilho aqui as dicas que para mim fazem tanto sentido para educar ainda melhor nossa juventude, como para nós, “marmanjos conscientes” e disponíveis para melhoria contínua:

  1. Ouça os mais velhos! É…esse pessoal já passou por poucas e boas na vida, tem história pra contar e aprendizados espetaculares que, se aprendidos, podem nos poupar grandes catástrofes ou perdas de tempo, no mínimo; ah, e nossa mãe sempre tem razão. Isso deveria ser comprovado cientificamente!

  1. Seguindo essa linha, busque conhecer a história das pessoas mais bem sucedidas do mundo, com o máximo de detalhes possível e evite os erros que eles cometeram assim como use o que deu certo para potencializar sua jornada.

  1. Ao estudar a vida desses mentores, analise duas coisas em comum entre eles: Todos erraram muito antes de chegar no topo – conhecendo esses erros, você poderá evitá-los na sua trajetória e, nenhum venceu do dia pra noite, conquistaram com muito trabalho, foco, determinação, persistência, resiliência…e por isso estão onde estão. E perceber isso nos traz um sentimento de estar no caminho certo, diminuindo a ansiedade e trazendo o tempo a nosso favor, como um aliado.

  2. Busque o auto conhecimento e auto desenvolvimento pessoal sempre. Se for pai ou mentor, incentive filhos e jovens a fazer o mesmo, desde cedo. O autoconhecimento nos possibilita respeitar valores pessoais, construir um caminho congruente e assertivo e principalmente, ter resultados sustentáveis de verdade. Para a vida toda!

  3. Aprenda a aprender! Aprenda com os seus próprios erros e melhore os acertos todos os dias. Extrair aprendizados das próprias experiências é uma habilidade dos vencedores. Lamentar ou se culpar é cair num labirinto improdutivo, porém, assumir a responsabilidade e consequências dos próprios atos, extrair o aprendizado e usar a experiência como fonte de recursos para seguir é para poucos.

  4. Conheça e reconheça seus pontos fortes e use-os a seu favor. Conheça seus pontos fracos e transforme-o conscientemente em forças e também use-os a seu favor!

  5. Se conecte com uma missão de vida, um propósito maior que ajude o mundo a ser um lugar melhor para se viver e acredite, você pode ganhar dinheiro fazendo o que gosta! Desde cedo sim.

  6. Mude sua mentalidade sobre dinheiro. Reconheça o que te limita e treine muito. Lembre-se que podemos controlar nossos pensamentos. Se isso ainda não faz sentido para você, pesquise a respeito, faça cursos, busque ajuda, mas use o potencial da sua mente a seu favor, com todas as forças!

  7. Torne-se inspiração e ajude outras pessoas a trilhar esse caminho com você. No mínimo aumentará seu comprometimento com suas metas e objetivos, para que seja um líder que faz o que prega!

  8. Ame a vida, seja grato por tudo, até pelo que foi ruim. Assim poderá acertar mais, e se conectar com o que é bom e positivo sempre e cada vez mais

E ai, é possível aprender pelo e COM amor?

Boa jornada!


Fonte: Artigos Administradores / E se fosse possível aprender no amor? 10 dicas para se inspirar e prosperar

Os comentários estão fechados.