Economia politica vs Economia agropecuaria

Economia politica vs Economia agropecuaria

Mesmo com o comércio industrial em crise, podemos não ir à falência, devido ao cargo de gigante mundial

Vivenciamos hoje em nosso país uma incrível crise econômica e política que afeta milhares de famílias por esse imenso chão. Nem tudo de fato vai mal como é de se esperar, mas também não vai às mil maravilhas, como em contos de fadas. A crise econômica afetou diretamente as indústrias, e o poder de compra das famílias, isso não é de se negar, dando um imenso passo para traz no progresso esperado.

Indo direto à lógica, não somos tão grandes como país industrial, e assim por diante um gigantesco na economia agropecuária, qual mais uma vez sustenta as bases movidas pelas idas e voltas da política vergonhosa nacional.

De fato, como já é visto, falo como autor agropecuário, pois nada melhor que alguém que esteja na área, para expor a economia por outras faces. A balança atual econômica, está firme por este imenso que segura por debaixo das bandejas os erros e falhas vindos de cima, o herói nacional. A estrutura rural mudou-se muito, desde a migração dos camponeses para o grande centro, dando espeço a grandes fazendas e latifúndios, que hoje visam maciçamente a revolução maquinaria tecnológica, que está começando agora, nossos tratores já trabalhando sem operários, plantadeiras com grande capacidade, rendimento, ou seja, um algo divino ao produtor. Qual visará de todas as formas o menor custo do seu produto, suportando as deveras crises, porém trazendo grande impacto nas mãos de obras, qual pouco se utiliza, e a tendência é a diminuição, todos sabemos. O grande fardo do administrador rural está em se preparar, para eventuais bombas relógios, seja elas, temporal, política ou econômica. Oque vemos em suma, não percebendo o porquê disso, pessoas se acomodam, esperam que o governo faça milagres, e não se preparam, chamam isso de sofrimento de crise, e o culpado é o governo, e você cidadão se preparou para eventuais bombas?

A mais sã insanidade dizer que o Brasil é um país industrial, vendo de outro, por sentido, vê-se que toda indústria necessita de uma base…e de fato não só produzimos essa base, como também a exportamos a diversos países pelo mundo, somos os maiores produtores e exportadores de café do mundo, de bovinos, soja… enfim somos o seleiro do mundo, os privilegiados á certo ponto.

E sobre a crise hoje? Não é de se negar que as coisas dificultaram, e muito. Vemos o poder de compra de nosso dinheiro se esvairar dia a dia, desempregos, vimos mais que nunca reclamarem, do combustível, do estado. Vemos greves, de um povo pelo visto já cansado. Tendo por meio deste expor em suma, não sou de um partido, só vejo como as pessoas mudam. Penso como sociedade, como investidores… então venha comigo pensar, – Como confiar nos políticos Brasileiros? E você confiaria ?

É previsto uma grande alta no sistema agropecuário, e uma grande queda no industrial-comercial, nisso já dá a ver o que tento dizer sobre todo dito, a balança nunca será igual, afinal põe-se uma balança primitiva, que ambos lados não irão juntos, um depende muito da importação, outro da exportação, ou seja, enquanto a cidade vai mal, é oportunidade do campo de progredir, e vice-versa…, mas mais que nunca precisa-se uma melhor fiscalização na área fiscal, pois por meio de palavras já não se expressam a grande vergonha que trazemos nos olhos, na mente e em tudo que fazemos. Pondo em vista que ainda temos crianças morrendo de fome, pessoas ainda morrem em hospitais, e outros nadam literalmente no dinheiro… e isso porquê? Se o ser humano és um ser racional apto a amar?…. Perco-me, confundo, … apto a amar?!! Seria mais inteligente se puséssemos roubar. Por fim deste, tento por que mesmo nesse escuro em meio à crise principalmente política, existe uma luz no fim do túnel, qual o gigante não se tomba…e sim cria forças…não nos afastemos muito, vamos de mãos dadas.


Fonte: Artigos Administradores / Economia politica vs Economia agropecuaria

Os comentários estão fechados.