Em situações adversas, seja um canivete suíço

Em situações adversas, seja um canivete suíço

A sua empregabilidade e o seu potencial empreendedor têm ligação direta com a sua capacidade de adaptação

Por mais que eu seja otimista, é inegável que tanto as grandes organizações, quanto as pequenas, estão demitindo ou já demitiram. Isso é um fato e é cíclico para quase todas as áreas. 

Nessa leva de baixas na carteira de trabalho, o cenário é desenhado da seguinte forma: para você manter-se no seu emprego, você tem que adquirir novas habilidades e absorver mais funções, em situações adversas e muitas vezes sem ganho financeiro algum. Saiba que além de você, outras tantas milhares de pessoas da sua mesma área de atuação também perderam seus postos de trabalho e estão ávidas por algo que cubra o orçamento. Isso sem contar os aposentados, os ex-empresários, os jovens e os inativos que passaram a buscar uma recolocação, formal ou informalmente.

É preocupante e desafiador. Semana passada ouvi um amigo que está desempregado, dizer que toparia qualquer tipo de serviço, mesmo que não pagasse o que estava acostumado a receber mensalmente no emprego anterior. 

Nesse breve contexto geral, o segredo em épocas de transição é ser um pouco mais generalista, por mais que o objetivo macro na carreira seja algo específico. A lógica nisso tudo é simples. Seja um canivete suíço com múltiplas funções.  

Se você permanece empregado ou dono do seu próprio negócio, arregace as mangas e faça acontecer, pois não adianta ficar culpando o governo, o chefe, o fornecedor ou a economia. TCR (Transferência de Culpa e Responsabilidade) e procastinação não levam a lugar algum. A única solução para um problema é resolvê-lo. E quando tudo isso passar, você sairá dessa muito mais forte e desenvolvido.


Fonte: Artigos Administradores / Em situações adversas, seja um canivete suíço

Os comentários estão fechados.