Empreender não é para qualquer um

Empreender não é para qualquer um

Certa vez ousei a dizer, por acreditar na capacidade que todo o ser humano tem de criar e inovar, que qualquer pessoa poderia empreender. Porém, deixei de lado um ponto muito importante que pode retirar mais da metade das pessoas que são criativas e inovadoras do grupo daquelas que podem empreender

Certa vez ousei a dizer, por acreditar na capacidade que todo o ser humano tem de criar e inovar, que qualquer pessoa poderia empreender. Porém, deixei de lado um ponto muito importante que pode retirar mais da metade das pessoas que são criativas e inovadoras do grupo daquelas que podem empreender.

Empreender é muito bom! Você pode criar seus próprios produtos e serviços, estabelecer horários de atendimento, condutas organizacionais, maneiras de atrair clientes… enfim, você pode criar o SEU meio para impactar pessoas e ganhar dinheiro. A partir daí, você passa a ter um faturamento e não um salário. Isto é, você é responsável pelo valor que vai levantar com a sua ideia. Ou seja, não é nada fixo, não é nada engessado, não é nada estável. É você e sua capacidade de fazer valer a sua ideia.

Porém, existe um lado mais complexo na maravilhosa arte de empreender. Não é apenas jogar a ideia e deixar as coisas acontecerem. Empreender exige horas elaborando planilhas, emitindo documentos, criando meios de divulgação, parcerias, fornecedores, contatos… antes mesmo de começar, de fato, a vender o seu produto/serviço. Empreender exige uma disciplina aliada à força de vontade, pois não é sempre que tudo andará como planejamos. Não é sempre que estaremos motivados, mas precisamos fazer um esforço. Não é sempre que teremos apoio, mas precisamos insistir. Não é sempre que iremos conseguir transmitir claramente a nossa ideia, mas é preciso persistir e encontrar caminhos que melhorem e facilitem essa transmissão. O fato é que nem sempre vai dar tudo certo e esse é o brilhantismo daqueles que podem, de fato, empreender. Mesmo porque o próprio conceito de empreender é conseguir ou tentar fazer algo muito difícil, ou seja, é criar oportunidades que solucionem problemas. Portanto, não é uma tarefa fácil e, diferente do que muitos acreditam, exige MUITO trabalho!

Para empreender você precisa estar disposto! Disposto a abrir mão de alguns finais de semana e, talvez, algumas férias; disposto a virar noites elaborando processos; disposto a participar de palestras, encontros, congressos e eventos que promovam um grande Networking; disposto a encontrar soluções acessíveis para os clientes e com poucos recursos para a empresa. Enfim, é preciso estar disposto a empreender, a botar a mão na massa e FAZER acontecer, afinal, é você quem determina o sucesso ou o fracasso do seu negócio.

Para empreender você precisa de VOCÊ. Íntegro, paciente, motivado, corajoso e, acima de tudo, DISPOSTO! Portanto, empreender não é para quem quer apenas ter um cargo ‘bonito’ ou não ter que responder ao chefe, muito pelo contrário, empreender é fazer e responder a muitos chefes que também estão dispostos a conhecer o seu negócio e decidir se vão ou não adquirir o seu produto/serviço.

Depois de compreender e aceitar tudo isso, você pode, sim, ser um empreendedor. Experimente! Mas mergulhe de corpo, alma e coração. O resultado, meu amigo, é transformador!


Fonte: Artigos Administradores / Empreender não é para qualquer um

Os comentários estão fechados.