Entenda os principais fatores que influenciam na formação do preço de venda

Entenda os principais fatores que influenciam na formação do preço de venda

Para definir o preço final de uma determinada mercadoria a ser vendida, os fornecedores levam em conta certos fatores que se baseiam em custos diretos, custos indiretos, custos fixos, custos variáveis e curva abc

 Para definir o preço final de uma determinada mercadoria a ser vendida, os fornecedores levam em conta certos fatores que se baseiam em custos diretos, custos indiretos, custos fixos, custos variáveis e curva abc

Isso tudo é para elaborar uma melhor definição de quais produtos e serviços que os custos fixos e os custos variáveis devem ser embutidos, cujo intuito baseia-se na metodologia de ratear os custos e aumentar a margem de lucro da empresa.

 Essa é a razão pela qual nós devemos entender quais fatores que baseiam na composição do preço e, com isso, influenciam na decisão que no final das contas forma o preço de venda.

 A começar pelos aluguéis, pelas comissões e pelos brindes que são os principais de todos os custos fixos que influenciam na formação do preço de venda, essa é a razão pela qual praticamente tudo tende a ser mais barato em loja virtual do que em loja física.

 Uma vez que, já que a transação financeira é online, praticamente o comércio eletrônico não possui certas despesas com estocagem, com estrutura física, com comissão, com aluguel, com vendedor, e dentre outros custos.

 O preço também tende a aumentar onde faz divulgação e quando o brinde está embutido na venda, isto é, sem dúvida o custo da divulgação é dividido e repassado a uma determinada quantidade de produtos com base na venda do mês anterior.

 Em relação ao preço do brinde, também não há dúvida de que esse custo também merece ser embutido no preço de venda daquele determinado produto.

 Já as comissões são custos fixos a serem embutidos no preço de venda e é por isso que onde distribui comissão o preço tende a aumentar e ficar mais caro em relação ao normal, pois as empresas não estão dispostas a retirar parte do lucro bruto para arcar com os custos de comissões dos vendedores.

 A propensão ao preço sempre aumenta quando tem a presença de um intermediador, seja para te entregar o cartão ou até mesmo quando a forma de pagamento é intermediada por algum sistema de pagamento que cobra uma porcentagem do produto ou do serviço que foi vendido, eis o motivo que faz a comissão contribuir mais ainda para o aumento do preço.

 A mesma coisa acontece quando você tem comodidade em loja de conveniência como, por exemplo, em um posto.

 Quando você compra frutas em supermercados em vez de comprar em feiras também não é diferente, pois no final das contas você acaba pagando mais pelo conforto que lhe foi oferecido e proporcionado naquele determinado estabelecimento comercial.

 Nenhuma empresa, independentemente de qual for o seu porte sobreviverá por muito tempo se praticar preços de venda abaixo de seus custos e não souber repassar os custos fixos e os custos variáveis, embutindo-os no preço dos produtos a serem vendidos que apresentam maiores procuras e maiores margens de lucro.

 É por isso que o preço varia de um fornecedor para o outro e pode chegar a uma diferença enorme, pois, se a procura aumenta o preço também tende a aumentar de acordo com a demanda.

 Por isso, quando alguém te oferecer algum produto ou serviço ou te empurrar alguma venda, pode ter certeza que tem algum interesse por trás disso e esse interesse pode ser incentivar a venda para bater metas e apresentar resultados, ou até mesmo aplicar golpe.

 Se você gostou desse artigo, deixe o seu comentário abaixo.


Fonte: Artigos Administradores / Entenda os principais fatores que influenciam na formação do preço de venda

Os comentários estão fechados.