Entre selfies e textões, como driblar os robôs?

Entre selfies e textões, como driblar os robôs?

O comportamento nas redes sociais tem mudado à medida que as conexões e percepções dos usuários se tornaram diretrizes para a comunicação. Saiba como o marketing de conteúdo pode aumentar a visibilidade de sua marca na internet

Calma! Não estou anunciando o império das máquinas, uma guerra civil ou a era de Ultron com Vingadores e tudo mais. Apenas precisamos falar sobre como o Google e o Facebook pensam ao nosso respeito e como seus robôs entendem nossas ações digitais no mundo virtual que eles dominam.

Você já deve ter percebido que seus amigos têm compartilhado mais informações, matérias e notícias e, cada vez menos, selfies, informações pessoais e check-ins. As pessoas têm optado por uma exposição menor na internet, deixando de serem produtoras para serem, apenas, multiplicadoras de conteúdo.

Essa mudança afeta diretamente em nossas ações de marketing digital. O comportamento nas redes sociais tem mudado à medida que as conexões e percepções dos usuários se tornaram diretrizes para a comunicação. É o tal do marketing one-to-one onde, cada vez mais, se torna indispensável perceber a individualidade e os interesses dos consumidores para garantir uma comunicação mais direta e assertiva.

Por causa disso, temos falado cada vez mais em SEO – Search Engine Optimization, produção de conteúdo, etc.

A internet já percebeu que ignoramos o que não é de nosso interesse e, assim, navegamos menos tempo e deixamos de interagir.

E é exatamente isso que acontece com nossos clientes e seguidores. Por isso, os robôs do Google e, agora também, do Facebook e Instagram, exigem mais expertise de nossas equipes digitais. Mas, será que estamos fazendo certo?

Um dia desses, ouvi de um social media, que o Facebook tem obrigado as empresas a pagarem uma fortuna em anúncios e impulsionamentos para serem percebidas em suas fanpages. De fato, o custo por clique está mais caro e, quanto menor o investimento, menor o alcance e segmentação. Mas, produzir um conteúdo de qualidade e que seja do interesse de nosso público-alvo é uma das possíveis formas de “driblar” esses robôs espertinhos.

Ao ler um conteúdo que seja de seu interesse, as pessoas interagem, seja curtindo, compartilhando ou marcando mais pessoas para lerem. Elas, certamente, voltarão para interagir novamente e será por esse engajamento que sua marca será ainda mais percebida.

Então, não existe mágica. Apenas estratégias corretas.

Aposte em um planejamento de marketing integrado, investindo no digital e potencializando com conteúdos relevantes, vai fazer sua marca/empresa saltar aos olhos de quem realmente importa.

Texto de Juliani Monçores, publicado originalmente no blog da Pitaco Criativo e gentilmente cedido ao Administradores.com. 


Fonte: Artigos Administradores / Entre selfies e textões, como driblar os robôs?

Os comentários estão fechados.