Eu não sou seu Guru – O documentário do Tony Robbins

Eu não sou seu Guru – O documentário do Tony Robbins

Uma visão do Master Coach Lucas Labastie sobre o documentário de Anthony Robbins (Tony Robbins) lançado pelo NETFLIX.

O grande estrategista, do mundo dos negócios mostra a realidade e parte do bastidor de um dos seus maiores eventos para aumento de performance pessoal e profissional.

Pontuarei neste texto 3 pontos cruciais que observei no documentário, como especialista em comportamento humano e Coaching, como você pode aumentar seus resultados empoderando-se de seus recursos mentais, os traços de Tony para ter a performance que é admirável e respeitada no mundo todo.

Tony Robbins, no documentário “I Am Not Your Guru”, vem mostrar na prática o que muitos só tinham lido em livros. A grande transformação pessoal, através de técnicas extremamente simples e altamente efetivas para mudança comportamental.

1) Escuta ativa

Um componente fundamental para um Coach de sucesso. Incrivel a forma com que ele escuta os participantes do seu seminário, onde ele olha dentro dos olhos de cada um no momento de “entrar no mundo do outro”. Ele realmente nos dá um SHOW, de escuta. Em algumas cenas, parece escutar a “alma” dos seus clientes.

Dica prática do Lucas Labastie para desenvolver escuta ativa: Tony Robbins aparece em algumas cenas do documentário fazendo meditações. Silenciar sua mente, independentemente da técnica é a melhor forma de ampliar sua escuta. O segredo é não pensar na pergunta, e sim ouvir claramente o que a pessoa está dizendo. Sentir as palavras ditas, pode ser curador. Para você, e para a pessoa que você ouve.

2) Tenha rituais

Confesso que essa palavra no começo me assustava, mas quanto mais conheço pessoas de sucesso, mais percebo isso. Elas criam pequenos rituais, ou símbolos, gestos, músicas favoritas… Onde esses pequenos sinais, ao serem disparados para o cérebro, criam uma corrente emocional intensa, já que a lembrança é sempre reforçada. Tecnicamente, para quem trabalha com Coaching, ele se empodera de suas âncoras em várias cenas do filme. (Âncoras são estimulos externos ou internos que são capazes de disparar uma lembrança para criação de um estado emocional de PODER – palavra que Tony usa muito em seus livros, assim como o escritor Jacob Pétry também fala do PODER PESSOAL.)

Dica prática do Lucas Labastie: Entenda que seres humanos são seres de rituais. Você tem um ritual para acordar, escovar os dentes, almoçar. Quebrar sua rotina e criar um ritual com ritmo intenso e ativo, vai elevar suas ondas cerebrais e fazer você criar novos neurônios. No filme, Tony mergulha todo seu corpo em uma espécie de “poço” com água a 16ºC. É uma forma de dar um “choque” no sistema. Pesquisas apontam que esse “choque” de uma forma direta ou indireta, “reseta seu sistema neuromotor”, fazendo com que sua mente fique mais ativa por mais anos. Outra forma que ele faz no filme, são respirações rápidas e intensas (30 repetições), no começo do dia, para bio-oxigenar o cérebro e todo o sistema físico.

3) Tenha seus mantras de força

Não vou colocar aqui os mantras do Tony, mas ele diz no documentário algumas frases que repete mentalmente TODOS OS DIAS, de forma com que ele acesse o seu “GIGANTE INTERIOR”.

Dica prática do Lucas LabastieEu tenho alguns. Como por exemplo: Sou abençoado. Sou imbatível. Sou iluminado. Sou Indestrutível. Sou protegido. Eu comando minha vida. Eu sou responsável pelo meu sucesso. Sou rico e próspero.

Se você criar o hábito de repetir “frases de PODER” todos os dias pela manhã, verá uma imensa transformação em sua vida. Suas atitudes vão mudar naturalmente e seus RESULTADOS TAMBÉM.

Muito mais que o foco na mudança de comportamento, Tony Robbins trabalha com um foco simples: MUDAR A MENTALIDADE DAS PESSOAS.

Tony diz, que o nosso sistema de crenças (tudo aquilo que acreditamos sobre nós e sobre o mundo) é o que realmente diferencia pessoas comuns para pessoas extraordinárias. Pessoas comuns, tem crenças comuns. Pessoas extraordinárias tem crenças extraordinárias.

Tony Robbins, apareceu também no filme “O amor é cego”, como o hipnólogo que faz o ator principal passar a ver somente “o interior” das mulheres e não somente a parte física.

O fascinante é assistir o documentário (Disponível na NETFLIX: “I am Not Your Guru”) com o olhar de um Coach. Eu particularmente recomendo a todos os Coaches formados pela Sociedade Internacional de Liderança e Coaching que vejam o documentário e extraiam o máximo de aprendizado.

Espero que tenha gostado das dicas. Um forte abraço. E lembre-se: “Eu não sou o seu guru”

#IamNotYourGuru #EuNãoSouSeuGuru #Coaching #SILCoaching


Fonte: Artigos Administradores / Eu não sou seu Guru – O documentário do Tony Robbins

Os comentários estão fechados.