Eu preciso ser bom em tudo?

Eu preciso ser bom em tudo?

Hoje o mercado nos exige cada vez mais competências e habilidades. Precisamos estar antenados com o último app, ter lido o novo livro de um famoso consultor de negócios, participar de todos os cursos da nossa área, etc. Mas, até onde essas exigências tem coerência?

É fato, que precisamos nos atualizar sempre. Estou lendo o livro “Novas Tecnologias, educação e sociedade na era da informação”, do Prof. Dr. Mozart Silva, para minha dissertação de mestrado e tem um trecho que reforça bem esse imperativo de mercado: “hoje, mais do que nunca, é preciso aprender a aprender num tipo de educação permanente, continuada e que seja, em suas mais diversas formas – formal, não formal e informal”.

Mas, o que isso significa? Precisamos sim, de forma constante nos atualizar, porém não necessariamente, precisamos absorver todas as informações do mundo. Com a velocidade do mundo digital, tudo está muito acessível, portanto, filtrar o que recebemos, é indispensável.

Outro ponto importante é quanto à especialização. Digo sempre em sala de aula que a nova especialização é a generalização. Mas, não vamos generalizar! Desculpe-me o trocadilho.

Mais do que qualquer outra época, o profissional contemporâneo precisa ter uma visão holística e completa, entender de tudo referente à sua área e mais um pouco, o que não significa que ele fará tudo, porém entenderá de grande parte e estará habilitado para gerir um dado processo. Minha formação, por exemplo, é em publicidade e atuo com gestão de processos de marketing, todavia, busquei no MBA de Administração Estratégica conhecer mais a fundo a gestão empresarial – o que me ajudou muito em minha atividade de marketing. Não sou especialista em finanças, todavia, compreendo a importância do alinhamento dos processos de marketing com a área financeira. E isso, faz a diferença no dia a dia, por exemplo.

Então, respondendo o título deste texto – não, você não precisa ser bom em tudo, você precisa ser bom naquilo que faz, naquilo que se propôs a especializar-se, contudo, sua visão precisa se ampla e permitir que você compreenda as outras áreas e inter-relacione com os seu processos. Esso trará resultados diferenciados sem sombras de dúvidas. Pense nisso!


Fonte: Artigos Administradores / Eu preciso ser bom em tudo?

Os comentários estão fechados.