Faltou motivação? 3 dicas de coaching para virar este jogo agora

Faltou motivação? 3 dicas de coaching para virar este jogo agora

Motivar-se é algo que pode ser aprendido. Siga estas 3 dicas de Coaching e nunca mais seja influenciado por pessoas desmotivadas

Faltou motivação? 3 dicas de coaching para virar este jogo agora

Responda um pergunta: Você tem sentido falta de motivação ultimamente?

Se a resposta foi um “sim”, você não está sozinho. A consultoria 4Hunter fez uma pesquisa e constatou que 55% das pessoas se dizem desmotivadas. A maioria, homens (62%). Os motivos são vários. Entre eles aparecem o salário abaixo da expectativa, falta de reconhecimento profissional e o clima pesado na organização.

Se você algum dia se sentiu que faltou motivação no trabalho, continue lendo este artigo até o final. As dicas vão te ajudar muito de hoje em diante!

Motivação no trabalho é possível?

Atualmente a falta de motivação parece ser uma doença crônica. As pessoas passaram a conviver com ela e acharem que isso é normal. Apesar disso, estar desmotivado deveria ser encarado como um sinal de que algo anda errado e que, por isso, merece atenção.

A motivação é uma porta que se abre por dentro. Cursos e metodologias de RH ajudam, claro. Porém, mesmo após um treinamento bacana, ou uma palestra emocionante, a tendência é que os níveis de motivação voltem ao que eram antes caso a atitude de cada um não reflita um novo pensamento. Creio que você deve estar pensando: “… se fosse fácil eu já teria feito“. Concordo 100%. Porém, pense que, por ser difícil, a vitória será ainda mais saborosa.

Para vencermos juntos este desafio, separei algumas dicas simples, utilizadas em muitos processos de Coaching para colocar as pessoas para trabalhar por si mesmas.

Sim! Motivar é possível.

Confira as dicas abaixo!

Autoconhecimento para motivação

Lembra-se que a “motivação é uma porta que se abre por dentro”? Então, o primeiro passo é o autoconhecimento.

Neste momento você perceberá que um monstro chamado “zona de conforto” trabalhará contra seu movimento de ação. Sair do lugar exige muita disciplina e foco. Comece a se autoanalisar para descobrir o que te faz sentir bem no trabalho e o que te deixa zangado e desmotivado. Ao identificar, comece a adaptar seu trabalho para que ele te traga prazer a fim de motivar a si mesmo.

Motivar a si mesmo demanda disciplina!

Disciplina, disciplina e mais disciplina: Lembra que no item anterior estava escrito que a zona de conforto vai querer fazer com que você não se mexa? O melhor remédio é a disciplina. Foco no seu resultado, afinal, o maior beneficiado será você mesmo.

Planeje-se e a motivação virá

A frase “para quem não sabe aonde quer chegar, qualquer caminho serve” é excelente. Estabeleça uma meta. Se, por exemplo, sair e chegar no horário te faz bem, sua meta pode ser “conseguir chegar e sair no horário ao menos 3 vezes na semana”. Comece pequeno para que as conquistas sejam executáveis e atingíveis. Ninguém vira mestre da noite para o dia.

Execute e seja você a imagem de motivação

Planejar faz bem pois nos dá um bom norte. Porém, sem a execução, não saímos do papel. Como disse o (ótimo) Coach Geronimo Theml, “melhor feito do que perfeito”. Se quisermos que tudo seja perfeito antes de começarmos, nunca vamos sair do lugar.

Inspire-se e tenha motivação para seguir

Este vídeo é fantástico! Confira! Seja você o seu próprio milagre.

 Até a próxima.

Publicado originalmente em http://www.tiespecialistas.com.br/2015/09/faltou-motivacao-3-dicas-de-coaching-para-virar-este-jogo-agora/


Fonte: Artigos Administradores / Faltou motivação? 3 dicas de coaching para virar este jogo agora

Os comentários estão fechados.