Faturamento de MEIs caem 27%

O faturamento das MEIs (Microempreendedores individuais) caiu 27,1% no interior do Estado de São Paulo (que inclui a RMVale) dentro do período de um ano, entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016.

Os dados foram divulgados pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), em parceria com o Seade (Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados) e apontam queda generalizada.

A queda acompanha a tendência do Estado de São Paulo no período, que também ficou em 27%.

No Estado, o setor de comércio foi o que teve a maior queda no período (31,3%), seguido pela indústria (28,2%) e serviços (22%).

Em fevereiro de 2016, as MEIs tiveram faturamento de R$ 2,3 bilhões, uma queda de R$ 156,2 milhões em relação ao mês anterior e R$ 832,7 milhões em relação ao período de um ano.

Segundo o Sebrae, as incertezas da economia brasileira, associadas ao aumento do desemprego e à perda do poder de compra da população (rendimentos reais menores), vêm provocando uma retração no consumo.

PEQUENAS EMPRESAS/ Ainda segundo a pesquisa do Sebrae, as MPE (Micro e Pequenas Empregas), também tiveram queda de faturamento, embora um pouco menor em relação às MEIs.

Entre fevereiro de 2015 e fevereiro de 2016, o interior (que inclui o Vale do Paraíba), teve queda de 12,8%.

O Município de São Paulo perdeu 14,3% em faturamento, a Grande São Paulo perdeu 10,1% e o Grande ABC 9,6%.

No total, o Estado de São Paulo teve recuo de 11,4% no faturamento das MPEs. Dividindo por setores, a indústria teve queda de 13,4%, o comércio perdeu 10% e o setor de serviço perdeu 12,7%.

A receita das MPEs em 2016 até agora foi de R$ 44,6 bilhões, queda de R$ 5,8 bilhões dentro do período de um ano. Pelo menos em relação a janeiro, o faturamento teve aumento de R$ 3,9 bilhões.

 

 

Matéria: http://gazetadetaubate.com.br/pequenas-empresas-faturamento-cai-27/

O post Faturamento de MEIs caem 27% apareceu primeiro em Novo Empreendedor.


Fonte: Novo Empreendedor / Faturamento de MEIs caem 27%

Os comentários estão fechados.