Felicidade ou alegria, o que você está sentindo agora?

Felicidade ou alegria, o que você está sentindo agora?

Este artigo traça um paralelo entre dois diferentes sentimentos ou emoções que se confundem bastante. Saber diferenciar um do outro pode ser o trampolim para uma vida com mais cor e mais vida!!!

Nos dias atuais, duas palavras se confundem e se fundem como se fossem as duas uma única coisa ou um único sentimento: estamos falando sobre a felicidade e a alegria.

Muitos filósofos antigos como Sócrates, Aristósteles, dentre outros gigantes, tentaram definir e criar um conceito único para a felicidade baseado em suas convicções filosóficas, mas não chegaram muito longe. Logicamente que isso não é demérito a nenhum (lógico que não), afinal de contas, estamos falando sobre a mente humana, um campo muito pouco explorado até hoje em dia.

Em meados dos anos 1943, o então Psicólogo Dr. Abraham Maslow, publicou um artigo denominado “A Theory of Human Motivation” traduzido por “A teoria das motivações humanas”, que baseva-se no estudo de como os seres humanos podiam ser motivados, criando assim a Teoria das Necessidades humanas.

Seguindo a teoria do Dr. Maslow, podemos afirmar que todo indivíduo tem sua escala de necessidades, ou melhor dizendo, cada pessoa está alocada em um dos patamares na escala de necessidades a qual Maslow se referia.

Enquanto uns buscam o reconhecimento, outras estão em busca de segurança, e assim por diante.

Podemos então dizer que de o sendo comum de que cada um pode (e deve) ser feliz do seu jeito, à sua maneira é uma verdade.

Para uns, a feliicidade está em terminar um relatório depois de estender seu horário de trabalho por mais de 3 horas, enquanto que, para outros a felicidade está em fazer uma viajem internaciona, para mim por exemplo felicidade é estar com minha família.

O que está em pauta aqui não é o como podemos ser felizes. Mas queo lancer um holofote sobre a falta de alegria e uma vida pautada por momentos.

Embora a felicidade seja um sentimento muito bom, fazendo com o que nosso cérebro dispare uma boa dose de serotonina e endorfina, nos causando uma sensação de bem estar e leveza, devemos nos manter em alerta, pois a felicidade é um sentimento efêmero, e está intimamente atrelada ao evento posterior.

Por exemplo: você vai a uma cafeteria e pede um expresso…O aroma do café sobe pela fumaça que sai da xícara, no momento em que seu telefone toca. Você o atende… Acabando de falar ao telefone, toma o café e percebe que ele já está frio, o que acontece? Isso mesmo, você está infeliz. Entendeu?

Enquanto que a felicidade é uma emoção passageira e está intimimante ligada ao bem estar e com o momento presente a alegria pode, ou não, está ligada a um acontecimento marcante!

A alegria é um estilo de vida!

Falando sobre momentos marcantes, não raras vezes você se pega rindo sozinho de algo bom que aconteceu com você.

Você lembra do dia em que deu o primeiro beijo em sua namorada…Lembra do dia em que seu Filho nasceu? Posso ver o sorriso no canto dos seus lábios e seus olhos com um brilho diferente. É disso que estou falando!

Quanto tempo faz que você não sente isso? Quanto tempo tem que situações marcam sua vida de forma positiva e você se tornou um saudosista?

Não estou querendo dizer que é como num passe de mágica e você fica alegre.

Mas o que quero dizer é que sua alegria não pode estar atrelada à sua felicidade, você pode ser alegre mesmo estando infeliz.

Saltar em direção a alegria não é fácil, por vezes é doloroso, mas a recompensa é honrosa!

Acredite em mim você pode viver uma vida alegre!

As pessoas alegres ficam menos doentes, são mais bem resolvidas, fazem mais amigos!

A alegria é notada a distância, basta olhar uma pessoa andando que você conhece quando ela está alegre!

Cabeça erguida, confiança, Segurança em cada passo, sorriso no rosto. O jeito como o alegre fala, se movimenta, demonstra seu estado de alma.

Uma das características do alegre é que ele não se molda ao ambiente, pelo contrário, onde chega o ambiente muda e ele se torna o centro das atenções.

Como você está se sentindo agora? Percebe que ao lembrar de momentos bons, de falar sobre a alegria, você já está se sentindo melhor?

Isso tem explicação, a alegria é contagiante.

O Rei Salomão, o Homem mais sábio da história humana, escreveu um Provérbio que diz : “O coração alegre aformoseia o rosto…” e continuou disse que: “O coração alegre é como o bom remédio…”

Sorria mesmo quando as coisas derem errado, lute mesmo quando suas forces estiverem se esgotando, arrisque todos os dias, viva como se esse fosse seu ultimo dia, pois um dia você acertará!

Experimente ousar, realize seus sonhos, mesmo os mais loucos!

Quer um conselho? Vá até o espelho… Chegou? Veja como está o seu semblante…

É você mesmo que está aí, refletido neste espelho? Se você não se reconhece é hora de decider viver uma vida de   alegria ainda que se sinta infeliz agora!!!!


Fonte: Artigos Administradores / Felicidade ou alegria, o que você está sentindo agora?

Os comentários estão fechados.