Fui demitido e agora? Como fazer uma transição de carreira?

Fui demitido e agora? Como fazer uma transição de carreira?

O que fazer depois de ser demitido? Ficar lamentando ou dar a volta por cima?

Com a atual situação política, econômica e com impactantes consequências sociais, as notícias de redução do quadro de funcionários pelas empresas passou a ser uma constante e com números alarmantes.

O que se ouvia somente falar na televisão, depois se tomou ciência por um conhecido de alguém, chegou a alguém da sua família e acabou que até mesmo você, passou a fazer parte da estatística. E agora?

A situação pode ter a forma e a cor que damos a ela. O que aparentemente é um problema, pode ser uma grande oportunidade. É  preciso respirar e aproveitar para fazer uma reflexão sobre como anda sua trajetória de carreira.

Mas antes de dar uma revolucionada na sua carreira e pensar em fazer uma transição imediata e radical, é preciso que reflita e considere alguns aspectos para que não tenha que desnecessariamente, descartar seus conhecimentos adquiridos.

A primeira possibilidade seria se recolocar na sua atual função, mas talvez seja necessário, buscar um maior alinhamento de sua capacitação técnica às possíveis demandas exigidas para quem está ingressando no mercado. Fazer aquele curso ou pós que você sabe que precisaria ter feito há muito tempo mas que vem adiando por quaisquer que sejam as razões, pode ser fundamental para se qualificar frente a concorrência por uma vaga.

Uma outra opção é aproveitar sua bagagem e pensar o que você poderia fazer a mais que até hoje não fez com tudo que sabe? Consultoria? Magistério? Ou quaisquer outras atividades que possam fazer valer sua experiência profissional mas que você nem sequer havia pesquisado a respeito e que poderia alocar seus conhecimentos e o melhor, te fazer mais feliz.  Normalmente será necessário fazer uma capacitação complementar para isso.

E ainda uma grande virada de carreira se você tiver um sonho que vem adiando  mas não tinha coragem de investir e decidir mudar totalmente sua área de atuação.

Seja empreendendo ou buscando uma nova profissão você precisará ter foco e determinação para se capacitar. Não basta querer, é preciso se preparar. Para não se deparar com obstáculos semelhantes ao que estava vivendo e pelos quais sempre quis mudar.

E qual seria a melhor opção? Não existe melhor opção. Existe aquela que vai fazer sentido para você no momento, analisando todas as perdas e ganhos de cada uma.

Para uma decisão que vai exigir energia, foco, determinação e mesmo investimento financeiro, muitas vezes, é importante que seja baseada em pontos fortes, desejos, habilidades e inspiração. Na maior parte das vezes, somos pressionados por fatores externos  mais voltados para resultados que devem chegar no curto prazo.

Aí é que pode estar o grande perigo da transição e onde um profissional, seja um coaching  ou consultor de carreira, atua para que você encontre suas respostas, te ajudando a fazer assertivamente esta transição com segurança.

A ideia é que através do processo, você encontre direcionamento para a área de atuação em que suas habilidades e competências possam ser valorizadas e identificar aquelas que serão necessárias desenvolver para essa nova fase de vida e ter certeza se está realmente disposto a se comprometer.

Ele vai te ajudar a validar todas as questões importantes, pessoais e profissionais que irão fazer diferença no seu futuro e sucesso na tomada de decisão.

Veja alguns passos importantes a seguir:

Um dos pontos-chave para saber como se posicionar de modo adequado na mudança é entender o que te motiva.

Autoconhecimento é fundamental na evolução deste processo. Você se conhece? Sabe o que procura e o que precisaria ter para ser feliz no trabalho? Primeiramente é importante identificar desejos, valores e expectativas e saber que como todas as escolhas que fazemos, mudança sempre tem ônus e bônus.

Não se deixe levar pelo impulso ou o que ouviu dizer. Então, se você leu ou ouviu em algum lugar que um determinado tipo de negócio está dando muito dinheiro, não aja sem fazer ideia real do que se trata. 

Use seu networking para encontrar pessoas que já trabalham fazendo o que você quer fazer e possam te ajudar a conhecer o que há de positivo e negativo na sua nova empreitada profissional.

Tenha claro que carreira é construção. A transição nem sempre é fácil, e algumas etapas precisarão ser vencidas.  Então, mãos à obra.


Fonte: Artigos Administradores / Fui demitido e agora? Como fazer uma transição de carreira?

Os comentários estão fechados.